Aguarde...

cotidiano

Hospital de Matão alerta para 'colapso' por causa da covid-19

Carlos Fernando Malzoni emite nota onde alega que leitos de enfermaria e de UTI estão superlotados com a pandemia

| ACidadeON/Araraquara

Hospital Carlos Fernando Malzoni, em Matão, fala em colapso por causa da covi-19 (Foto: Arquivo)


A Diretoria da Sociedade Matonense de Benemerência, mantenedora do Hospital "Carlos Fernando Malzoni", em Matão, emitiu boletim de risco de colapso no sistema de atendimento a pacientes com suspeita ou confirmação de contaminação pelo novo coronavírus.  

De acordo com a diretoria da instituição, 21 pacientes estão internados no local. Os nove leitos da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) destinados exclusivamente para pacientes com a covid-19 estão completamente lotados, segundo o hospital.  

O setor de enfermaria está com mais de 100% de leitos ocupados. "Situação que tem se agravado a cada dia. Se nada mudar, o colapso do sistema hospitalar é iminente", registra a nota do hospital.

De acordo com o hospital filantrópico, os boletins diários mostram que nos últimos dias, além do aumento de casos relativos a cidadãos matonenses, a instituição tem recebido pacientes oriundos de Araraquara, Ibitinga, Santa Lucia e Itápolis, transferidos pelo sistema CROSS (Central de Regulação e Oferta de Serviços de Saúde do Governo do Estado de São Paulo) imposição feita a todos os hospitais vinculados ao SUS. 

"Temos uma capacidade de leitos que, mantida a atuação proporção de aumento de casos que necessitam de internação, logo estará esgotada, pois além dos casos de covid-19, não cessam os casos de urgência e emergência que necessitam, também, de internação hospitalar, em especial em leitos de UTI", reforça a nota. 

A direção do hospital informou, ainda, que tem se esforçado para aumentar a oferta de leitos, mesmo sem o credenciamento e o recebimento de adequada remuneração, com o objetivo de atender o maior número de casos possíveis. "Entretanto há um limite e estamos à beira de atingi-lo", finaliza o documento.  

CASOS
No último boletim do Comitê de Combate ao Coronavírus de Matão, divulgado neste sábado (08), o município conta com 442 casos confirmados da doença. Foram mais 13 confirmações em 24 horas. Doze pessoas aguardam resultado de exame e 169 pacientes estão em isolamento social. Nos hospitais, há 21 pessoas estão internadas, são sete somente na UTI. O município tem oito óbitos confirmados da doença.

FALA, ESTADO!
A Secretaria de Estado da Saúde diz que  trabalha no combate ao coronavírus, com o compromisso prioritário de salvar vidas. Nesse sentido, há monitoramento constante da evolução da doença, inclusive com abertura de novos leitos de UTI.  

"Em junho, a pasta destinou cinco respiradores ao Hospital Carlos Fernando Malzone, de Matão. Também apoiou o serviço na ativação de oito leitos de UTI, e mantém pleitos ao Ministério da Saúde para que os mesmos sejam devidamente habilitados. A unidade também informou ao DRS (Departamento Regional de Saúde) de Araraquara que está preparando a implantação de mais 20 leitos de enfermaria. Conforme dados informados pelo próprio hospital no Censo Covid-19, neste sábado (8) a unidade possui seis leitos de UTI ocupados, o que representa 75% de ocupação no setor", diz a nota.

Mais do ACidade ON