Aguarde...

cotidiano

Araraquara confirma a 22ª morte por Covid-19

Cidade já registrou 2.432 casos de covid-19 desde março - início da pandemia

| ACidadeON/Araraquara

Araraquara registra 22 mortes por covid-19
* ATUALIZAÇÃO 12/08 ÀS 15H07 para corrigir o número de pacientes internados. Inicialmente a Prefeitura emitiu boletim informando que eram 68 pacientes, porém, são 60 pessoas internadas nesta quarta-feira (12). 

O Comitê de Combate ao Coronavírus de Araraquara confirmou nesta quarta-feira (12), a 22º morte causada por covid-19. A morte mais recente é do técnico de enfermagem João Duarte, de 65 anos, que estava internado no Hospital Estadual de Américo Brasiliense (HEAB) e morreu na tarde de terça-feira (11). 

"Um funcionário exemplar com muitos anos de serviços públicos prestados ao município. Infelizmente, é o primeiro profissional da Saúde, e também o primeiro servidor municipal de Araraquara que vem em decorrência do Coronavírus. O caso do seu João está sendo estudado por universidades, por meio do Serviço Especial de Saúde de Araraquara (SESA), por apresentar a possibilidade de reinfecção pelo vírus", afirmou a secretária de Saúde, Eliana Honain, durante boletim realizado no começo da tarde. 

Foram notificados, até o momento, 22 mortes decorrentes do novo coronavírus. Os dois óbitos suspeitos que estavam em investigação foram descartados.  

CASOS
Araraquara registrou mais 53 casos de Coronavírus nesta terça-feira (12). Com isso, agora são 2.432 casos confirmados na cidade. Do total de confirmados, 312 permanecem em quarentena e 2.098 já saíram. Aguardam resultado de exames 227 amostras.

Hoje, 60 pacientes estão internados. Destes, 45 estão em enfermaria - 12 suspeitos e 33 casos confirmados. E 15 pacientes estão internados em UTI - 3 suspeitos e 12 confirmados. Do total de 60 internados, 44 são moradores de Araraquara e 16 são de outros municípios e foram transferidos para hospitais da cidade.

A taxa de ocupação de leitos de enfermaria em Araraquara está em 46% e de leitos de UTI está de 23%.  

Os dados sobre os bairros com casos confirmados e o perfil dos positivados podem ser consultados em link disponibilizado pela Prefeitura, em parceria com o grupo Urbie, Grupo de Inovação e Extensão em Engenharia Urbana. (https://arcg.is/neO5H)


Mais do ACidade ON