Aguarde...

cotidiano

Mulher de 39 anos é vítima mais nova da covid-19 em Araraquara

Nesta segunda-feira mais duas mortes foram confirmadas, em setembro já foram registradas 10 vítimas de coronavírus

| ACidadeON/Araraquara

Desde sexta-feira (11) a cidade tem registrado duas mortes por dia Foto: PIERO CRUCIATTI / AFP
Uma mulher de 39 anos é a vítima mais nova da covid-19 em Araraquara, desde o início da pandemia. Ela tinha outras comorbidades e estava internada na rede pública desde o dia 25 de agosto. Sua morte foi confirmada nesta segunda-feira (14). 

Além dela, outra mulher, uma idosa de 93 anos também teve sua morte notificada nesta segunda-feira. Ela também tinha comorbidades e estava internada na rede privada desde o dia 5 de setembro. 

No total, Araraquara soma 41 mortes causadas pela doença, sendo duas mortes registradas por dia desde sexta-feira (11). Além disso, somente nos 14 primeiros dias de setembro foram dez óbitos registrados cerca de 24% das mortes registradas desde março, início da pandemia.   
 
De acordo com a secretária municipal de Saúde, Eliana Honain, o Comitê de Contingência do Coronavírus tem analisado os casos. "Por enquanto não deve haver mudanças, pois são pessoas que já estavam internadas e a própria evolução da doença levou elas a óbito. Não tivemos ninguém que chegou e foi a óbito, caso tivesse ocorrido, teríamos que reavaliar as medidas adotadas. Mas o que temos observado é uma queda no número de casos positivados".

CASOS
Araraquara registrou mais 23 casos de coronavírus nesta segunda-feira e agora soma 3.685 casos confirmados. Desse total, 3.484 já estão curados e 161 permanecem em quarentena.
Hoje, 67 pacientes estão internados, sendo 47 em enfermaria nove suspeitos e 38 confirmados -e 20 estão na UTI quatro suspeitos e 16 confirmados. Do total de 67 internados, 61 são moradores de Araraquara e 6 são de outros municípios e foram transferidos para hospitais da cidade.

Com relação às internações de todos os serviços hospitalares que disponibilizam leitos para covid-19 (público e privado), a cidade conta hoje com uma taxa de ocupação de 48% de leitos de enfermaria e 36% de UTI.

Na Santa Casa de Araraquara, a taxa de ocupação de leitos para Covid-19 está em 90% na enfermaria e 80% na UTI. No HEAB, Hospital Estadual de Américo Brasiliense, que atende toda a região central, a taxa de ocupação de leitos é de 40% na enfermaria e de 70% na UTI. O Hospital de Campanha tem hoje 23 pacientes internados.

Todos os positivados, assim como seus comunicantes, estão sendo monitorados pelas equipes da Secretaria Municipal da Saúde. O objetivo é orientar e cobrar o cumprimento da quarentena.

Mais do ACidade ON