Aguarde...

cotidiano

Procura tardia por atendimento pode resultar em morte

O aumento do número de mortes em Araraquara preocupa as autoridades de saúde que alertam para a necessidade de atendimento preventivo

| ACidadeON/Araraquara

Eliana Honain fala sobre a importância da necessidade do atendimento precoce (Foto: Redes Sociais)
O aumento do número de mortes por conta da covid-19 em Araraquara causa preocupação nas autoridades de saúde, que reforçam a necessidade do atendimento precoce, principalmente para a população que é grupo de risco - acima de 60 anos e com comorbidades. 

Das 55 mortes registradas até a última segunda-feira (12), a maioria atingem pacientes idosos. 

"O aumento do número de mortes em Araraquara se deve a duas coisas, basicamente. Primeiro pacientes que procuram tardiamente as unidades de saúde e segundo, pacientes com comorbidades e buscam assistência para outras complicações e que acabam se contaminando. Pelo menos 10% das mortes são de pacientes que foram para os hospitais por outros motivos e acabaram contaminados", explica a secretária municipal de Saúde, Eliana Honain, em entrevista ao programa Manhã CBN. 

A orientação reforça Honain é para os pacientes com qualquer sintoma procure a unidade de saúde, de preferência a Unidade de Pronto Atendimento da Vila Xavier. "Com este atendimento precoce podemos acompanhar e tratar de maneira mais efetiva, evitando as mortes", reforça. 

"A população também pressiona muito para a volta das cirurgias eletivas, mas este ponto nos preocupa, porque, por mais que tenha cuidados, os hospitais são pontos de contaminação", diz ela.

Mais do ACidade ON