Aguarde...

cotidiano

Araraquara inicia planejamento para vacinação contra covid-19

Diversas estruturas de vacinação deverão ser montadas em Araraquara nas próximas semanas; idosos e profissionais da saúde deverão ser os primeiros a ser vacinados

| ACidadeON/Araraquara

Araraquara começa planejamento de vacinação contra a Covid-19  (Foto: Reuters)

O Comitê de Contingência do Coronavírus de Araraquara informou, nesta sexta-feira (08), a criação de uma da Comissão de Organização da Vacinação contra a covid-19.  

Ela é formada por profissionais da Secretaria de Saúde e Vigilância em Saúde e do Sesa (Serviço Especial de Saúde de Araraquara), que terá o objetivo de elaborar o planejamento e toda a logística necessária para a imunização do coronavírus aqui no município.  

Os encontros da comissão serão periódicos diante da proximidade do início da vacinação.

De acordo com o poder público, em um primeiro momento, a população idosa (que é o principal grupo de risco) e os profissionais da área da saúde serão priorizados na vacinação, seguindo as orientações do Ministério da Saúde e do Governo do Estado.  

O Comitê que gerencia a pandemia em Araraquara informou que aguarda definições por parte dos governos federal e estadual sobre datas e quantidade de doses que serão disponibilizadas talvez já nos próximos dias.

A secretária municipal de Saúde de Araraquara, Eliana Honain, falou sobre a importância desse plano de organização e da parceria com o Sesa.

"É extremamente importante a gente já estar estruturando essa vacinação e vendo qual a melhor forma de proceder sem causar tumulto e transtorno, e com a eficácia e eficiência esperada dentro do prazo previsto. Já começamos as discussões porque o o primeiro grupo a ser vacinado é o grupo dos trabalhadores da saúde. Devemos nos reunir duas vezes por semana até termos montado todo o esquema de vacinação que vai contemplar todos os grupos previstos", informa. 

Diversas estruturas de vacinação deverão ser montadas em Araraquara nas próximas semanas. A previsão é de haja vários pontos pela cidade, incluindo os postos de saúde.

"Nós devemos montar a estrutura e temos um grande desafio de manter o controle da doença, com toda a vigilância, os protocolos e monitoramento dos pacientes positivos. E temos toda a tarefa que é árdua que é manter a vacinação, então temos que ampliar nossa capacidade de atendimento e de pessoal pra poder dar conta em tempo hábil", frisa a secretária.

O Comitê que gerencia a pandemia em Araraquara informou que aguarda definições por parte dos governos federal e estadual sobre datas e quantidade de doses que serão disponibilizadas talvez já nos próximos dias.  

Nesta última quinta-feira (07), o Instituto Butantan pediu a aprovação emergencial da vacina Coronavac para a Anvisa. Hoje, foi a vez da Fiocruz, que pediu a aprovação da vacina de Oxford. O prazo de análise por parte do órgão sanitário federal é de até dez dias. Em todo o Brasil, a pandemia chegou à marca de 200 mil óbitos, com um total de quase 8 milhões de casos confirmados.






Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON