Aguarde...

cotidiano

Mesmo em lockdown, alguns bairros ainda registram pessoas pelas ruas

Última média de isolamento social foi de 49%, reportagem rodou os principais bairros da zona Norte para averiguar lockdown em Araraquara

| ACidadeON/Araraquara

 

Zona Norte região do Selmi Dei, setor 1 no lockdown (Foto: Amanda Rocha)

O isolamento social em Araraquara atingiu 49% de adesão na última terça-feira (23). Segundo ranking do Estado, Araraquara é a 12º em confinamento. 

Os dados são do Sistema de Monitoramento Inteligente de São Paulo (SIMI-SP), que atualiza diariamente os índices de adesão ao isolamento social no estado. 

Para o monitoramento um acordo é viabilizado com as operadoras de telefonia Tim, Claro, Oi e Vivo através da Associação Brasileira de Recursos em Telecomunicações (ABR) e do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT). 

Araraquara vive o pior momento da pandemia do coronavírus, com o colapso da saúde com internações em 100% em UTI e 100% em enfermaria.
O isolamento social é a única alternativa para conter a propagação da nova cepa do coronavírus, que é mais agressiva e faz vítimas também sem comorbidades. 

ZONA NORTE E CENTRO
Muitos internautas questionaram a reportagem sobre o não cumprimento do lockdown em bairros populosos como Selmi Dei, Vale Verde e Adalberto Roxo. 

A reportagem do ACidadeON rodou o centro da cidade e os principais bairros da zona norte de Araraquara na tarde da última terça-feira (23) para conferir o lockdown total em Araraquara. 

O que a reportagem notou foi que nas principais ruas dos bairros não há movimentação de carros e pessoas. Porém, nas extremidades de alguns bairros, como no Vale Verde há movimento de crianças em bicicletas e rodas de famílias nas calçadas. 

No centro, há muito pouca movimentação de veículos e não foi visto pedestres. Um dos locais com mais fluxo de carros foi no balão das Roseiras, no entroncamento com a rua Maurício Galli e Alameda Paulista, na Vila Xavier. 

LOCKDOWN PRORROGADO
O lockdown total foi prorrogado por decreto municipal até às 6h do próximo sábado (27). Algumas alterações foram incluídas no decreto como o delivery feito agora por mercearias, padarias, açougues, hortifrúti e estabelecimentos com venda de ração animal. 

Os supermercados continuam com delivery porém fechados para atendimento presencial, e com até 30% dos funcionários, assim como todos os demais estabelecimentos incluídos no novo decreto. 

Comércio, bares e restaurantes continuam fechados e com delivery proibido. Farmácias e unidades de saúde de urgência e emergência estão abertas. 

Veja o que pode funcionar no lockdown total de Araraquara.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON