Aguarde...

cotidiano

'Abertura é volta da condição humana', diz representante da Apas

Supermercados reabrem neste sábado (27), após registrar 1.175% de aumento na demanda e praticamente colapsar delivery

| ACidadeON/Araraquara

Após lockdown total em Araraquara, supermercados reabrem neste sábado (27)
 

Fechados desde as 12 horas do último domingo (21), os supermercados retomam o atendimento presencial em Araraquara neste sábado (27), a partir das 6 horas. 

Na avaliação do representante da Associação Paulista dos Supermercados (APAS), Rodrigo Marinheiro, a reabertura representa o retorno da condição humana à população. 

Durante entrevista ao programa Giro CBN, da CBN Araraquara, o representante da categoria explica que o fechamento da atividade essencial amplia a vulnerabilidade social no município. 

"Tivemos um aumento de 1.175% na nossa demanda e trabalhando com quadro de colaboradores 30% menor. Mesmo que tivéssemos 100% não teríamos carros e nem profissionais treinados para essa função. Foi um problema de desabastecimento do munícipes, mas em caso de exceção, porque não tinha falta de produtos, só não tinham acesso a eles". 

A flexibilização do setor supermercadista ocorre após reunião entre Apas, Prefeitura, representantes do Ministério Público e Sindicato do Comércio Varejista (Sincomércio). 

Logo após o encontro, a administração municipal apresentou um plano gradual de retomada da economia que vai desta sexta até o dia 17 de março, quando mais serviços podem voltar. 

"Como atividade essencial temos uma missão que é abastecer de forma segura e ininterrupta a população. Queríamos voltar hoje em plenitude, mas pediram para retomar no drive-thru e nós atendemos, pois pode aliviar a necessidade das pessoas", explica. 

Mas, no primeiro momento, como há uma grande demanda reprimida, o representante da Apas pede para que a população tenha calma, para não gerar aglomerações desnecessárias. 

"Pedimos calma para a população, a atividade supermercadista vai funcionar das 6 às 21 horas e o prefeito deu a palavra dele de que não será mais interrompida. Tenham calma, se tiver fila, voltem outra hora. Vamos evitar aglomeração e não migrem para outras cidades", alerta.  

Antes do lockdown total, fila em supermercado de Araraquara impressionou (Foto: Redes Sociais)

Questionado sobre como as unidades se prepararam para cumprir as normas de higiene para evitar o avanço da covid-19, Marinheiro afirma que os protocolos para o setor são rígidos. 

"Em nenhum momento é para ter aglomeração de pessoas. O que não queremos é isso, inclusive. A volta ao normal da atividade, que é essencial, precisa ter calma, não vá de forma exacerbada ao supermercado", ressalta. 

Marinheiro também critica a ação da Prefeitura de fechar serviços essenciais durante o período de pandemia e considera Araraquara como exceção por causa das restrições. 

"Gostaria de saber cidades, estados ou países onde isso aconteceu. Não houve. O serviço essencial funciona, com restrição, uma pessoa por família, as vezes distanciamento de cinco metros quadrados, mas não ter acesso a serviços essenciais não ocorreu em lugar nenhum do mundo", finaliza. 

A partir deste sábado (27) supermercados, padarias, mercearias, varejões e serviços de hortifrúti podem ser retomados em Araraquara, cumprindo regras sanitárias e de distanciamento.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON