Aguarde...

cotidiano

Recuperados da covid-19 podem doar plasma em Araraquara

Doação é feita no Hemonúcleo Regional de Araraquara; componente é usado em tratamento contra a doença

| ACidadeON/Araraquara

Araraquara inicia tratamento com plasma para pacientes com covid19 (Foto: Ilustrativa/Divulgação)
 
Pessoas que tiveram covid-19 e estão curadas há pelo menos 30 dias podem contribuir doando plasma para auxiliar no tratamento de quem está com o vírus. A doação deve ser feita no Hemonúcleo Regional de Araraquara, vinculado à Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Unesp.

A terapia é oferecida pela Prefeitura mediante critérios clínicos e foi desenvolvida pelo Instituto Butantan para ser aplicada em moradores de Araraquara a partir de uma parceria firmada com a Unimed e a Unesp da cidade.

A doação do plasma é quase igual a uma doação de sangue normal, com o pré-requisito de ter se curado da covid-19 há, no mínimo, um mês.

O interessado precisa ter entre 18 e 69 anos de idade (desde que a primeira doação tenha sido realizada até os 60 anos), pesar no mínimo 50kg, estar sem sintomas de covid-19 há pelo menos 30 dias e não ter tido manifestações graves em função da doença (choque séptico, parada cardíaca e/ou intubação traqueal/respiratória).

O voluntário também precisa atender as condições básicas para doação de sangue e se atentar aos impedimentos ao ato. Se for mulher, não pode ter histórico de gestações, uma vez que, durante a gravidez, as mulheres desenvolvem anticorpos que estão associados a reações potencialmente graves nos receptores da transfusão.

O candidato à doação deve fazer o agendamento pelo telefone (16) 3301-6102, que também é o WhatsApp do Hemonúcleo Regional, que funciona às segundas, quartas e sextas das 9h às 11h30 e das 13h às 16h, e às terças e quintas das 7h às 12h30. O atendimento telefônico vai até as 16h. E os horários disponíveis para doar mediante agendamento vão das 7h10 às 12h.

No dia marcado, durante a entrevista de triagem, serão avaliados os aspectos clínicos do voluntário e coletadas amostras de sangue para exames. Com base nesses resultados e no cumprimento dos demais critérios, a doação de plasma pode ser feita.

Vale lembrar que quem não se enquadrar nos requisitos para doação de plasma pode realizar a doação de sangue comum, desde que atenda aos critérios estabelecidos.

TRATAMENTO COM PLASMA 
O plasma é a parte líquida do sangue, e é retirado de voluntários já curados da Covid-19 e aplicado no paciente infectado. Os anticorpos presentes no plasma estimulam o organismo afetado a se defender da doença, até que ele tenha tempo de reagir e montar a sua resposta imune.

O tratamento está disponível para pacientes com 40 anos de idade ou mais, com comorbidades (hipertensão, diabetes, cardiopatias, pneumopatias, obesidade, doença renal crônica, doença hepática e imunossuprimidos) e que estejam entre o primeiro e o quarto dia do início dos sintomas.

Embora até o momento não exista terapia específica contra a covid-19, o tratamento com plasma convalescente tem trazido bons resultados, de acordo com o Instituto Butantan.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON