Aguarde...

cotidiano

Servidora da Educação em Araraquara morre vítima da covid-19

Vítima trabalhava em Centro de Educação e Recreação (CER) no Adalberto Roxo, região Norte da cidade

| ACidadeON/Araraquara

Queli, de 45 anos, era servidora em CER no Adalberto Roxo


A morte da servidora da Educação de Araraquara, Queli Fernanda Geraldo Fernandes, neste domingo (2), vítima da covid-19 gera comoção nas redes sociais.

Funcionária de um Centro de Educação e Recreação no Adalberto Roxo, região Norte de Araraquara, a vítima tinha 45 anos e estava internada desde 27 de abril.

O CER José Alfredo do Amaral Gurgel foi um dos primeiros a ser interditado pela Prefeitura após funcionários testarem positivo para covid-19, dia 24 de abril. 

LEIA TAMBÉM 

Araraquara registra quatro novas mortes nas últimas 24 horas


O presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Araraquara e Região (Sismar), Gustavo Jacobucci, usou as redes sociais para lamentar a morte.

O líder sindical prestou solidariedade aos familiares e cobrou da administração municipal a suspensão das aulas presenciais em Araraquara.

Segundo ele, não há garantia de segurança para a comunidade escolar.

"Perdemos na Saúde, Segurança, estamos avisando que perderíamos na Educação. Como fica a família? O marido, filhos e pais? Alguns ainda perderam a vida, pois a função era essencial. Agora a educação vai para o 20º dia de greve", diz.

"As pessoas continuam brincando, pensando que é politicagem ou coisa de sindicato. Não, é proteção à vida", completa o líder sindical.

Na avaliação de Jacobucci situações como essa poderiam ser evitadas pela Prefeitura com a suspensão das aulas presenciais nas escolas municipais.

"Ainda dá tempo da Prefeitura voltar atrás, pois viram que a situação está descontrolada e que não pode ter a política e o financeiro a frente das vidas", finaliza.  

O QUE DIZ A PREFEITURA?
Procurada, a Prefeitura afirma que se solidariza com a família da servidora. "Infelizmente, a nossa cidade já registrou 393 óbitos desde o início da pandemia. São vítimas das mais diversas profissões e localidades da nossa cidade".

A nota reafirma que a cidade possui 19.117 moradores contaminados pela doença desde o início da pandemia, de diversas regiões e em todas as profissões, o que demonstra a necessidade de seguir trabalhando para controlar a covid-19. 

"A Prefeitura continuará testando a nossa população para localizar a doença e cuidar dos contaminados. Vamos continuar testando os servidores da educação, bem como os alunos que, por vulnerabilidade social e dificuldade de aprendizagem em casa, voltaram para as atividades escolares. Só assim manteremos todos os protocolos sanitários para que as atividades escolares ocorram de forma segura, como tem sido", finaliza.

OUTRAS TRÊS MORTES
Além da servidora da Educação, a cidade de Araraquara registra mais três mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, conforme aponta boletim do Comitê local.

Trata-se de uma mulher, de 42 anos, sem comorbidades; um homem, de 50 anos, com comorbidades; e um homem, de 56 anos, com comorbidades. 

CONFIRA A ÍNTEGRA DA NOTA DA PREFEITURA:
A Prefeitura de Araraquara se solidariza com a família da servidora pública municipal Queli Fernanda Geraldo Fernandes, de 45 anos, que faleceu de Covid-19 neste domingo. Infelizmente, a nossa cidade já registrou 393 óbitos desde o início da pandemia. São vítimas das mais diversas profissões e localidades da nossa cidade.

São 19.117 moradores de Araraquara contaminados desde o começo da pandemia, em diversas regiões e em todas as profissões. O que demonstra que Araraquara tem que continuar trabalhando incansavelmente para controlar a pandemia em nosso município. 

A Prefeitura continuará testando a nossa população para localizar a doença e cuidar dos contaminados. Vamos continuar testando os servidores da educação, bem como os alunos que, por vulnerabilidade social e dificuldade de aprendizagem em casa, voltaram para as atividades escolares. Só assim manteremos todos os protocolos sanitários para que as atividades escolares ocorram de forma segura, como tem sido. 

Mais uma vez, a Prefeitura de Araraquara manifesta sua solidariedade pelas perdas geradas pela Covid-19.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON