Aguarde...

cotidiano

Fiscalização em Araraquara aplica 64 multas em uma semana

Secretário municipal de Segurança Pública, João Alberto Nogueira Junior, diz que a população precisa colocar e entender que aglomerar é crime

| ACidadeON/Araraquara

Força-tarefa busca fazer cumprir o decreto de calamidade pública por causa da covid-19 em Araraquara (Foto: Arquivo/Prefeitura)
 
A força-tarefa de Araraquara realizou na última semana 4.393 fiscalizações com o objetivo de fazer cumprir o decreto de calamidade pública vigente na cidade em decorrência da pandemia do coronavírus. Destas fiscalizações resultam 64 multas por descumprimento das regras. 

Segundo o coronel João Alberto Nogueira Junior, secretária de segurança de Araraquara, as fiscalizações são realizadas no comércio, serviços, chácaras, clubes, salões de eventos, campos de futebol, condomínios, além de blitz e também barreiras sanitárias. "O nosso objetivo é fazer cumprir o decreto. As pessoas precisam entender que estamos em uma pandemia e promover aglomeração é crime contra a saúde pública", reforça o coronel em entrevista ao programa Manhã CBN.

"A fiscalização ocorre desde o ano passado, a força-tarefa composta por pela Guarda-Municipal, Posturas, Procon, Vigilância e com o apoio da Polícia Militar roda toda a cidade diariamente, mas é importante ressaltar que não temos um fiscal em cada quarteirão, a conscientização precisa ser de todos", diz ele. 

Entre as pessoas que promovem aglomerações existem muitos negacionistas, diz o coronel. "Pessoas que não acreditam na gravidade do que estamos vivendo, mas basta olhar as notícias para sabermos que a situação é grave e precisa do apoio de todos". 
 


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON