Aguarde...

cotidiano

Pneumologista explica porque as pessoas podem pegar covid-19 mais de uma vez

Flávio Arbex diz que reincidência não é comum, mas queda da imunidade e novas variantes podem influenciar

| ACidadeON/Araraquara

Pneumologista explica que novas variantes podem fazer com que a pessoa pegue covid-19 de novo (Foto: Tumisu/Pixabay)
Segundo o pneumologista Flávio Arbex, é possível pegar covid-19 mais de uma vez, apesar de não ser muito comum. "Como estamos em uma pandemia, estamos vendo alguns casos. Isso tem relação com as novas variantes mas também tem ligação com a queda de imunidade da pessoa que pega qualquer infecção respiratória", explica. 

O portal ACidadeON mostrou a história da técnica de enfermagem Angélica Moreira de Lima, de 31 anos, que pegou covid-19 três vezes. Ela trabalha na linha de frente, em três lugares, e ainda não foi vacinada. Angélica teve sintomas diferentes em cada uma das três vezes em que foi positivada, chegando até a ficar internada. 

O pneumologista ressalta que já ter pego covid-19 uma vez não é garantia de que a segunda vez vai ser mais leve, como foi o caso de Angélica. Pode ser que a pessoa tenha sintomas leves na primeira vez e fique pior na segunda ou vice-versa. 

Flávio também explica que quando uma pessoa pega covid-19, assim como qualquer infecção respiratória aguda, é comum que o corpo produza anticorpos. "A questão é a duração desses anticorpos. Estudos avaliam que pode-se ter uma imunidade de quatro a seis meses, mas não se sabe ainda se a pessoa fica imune às novas variantes também", diz. 

A vacina é eficaz tanto para quem nunca pegou covid-19 quanto para quem já pegou. "Os vacinados têm menos chance de contaminação, menos chances de ter complicações e também menos chance de transmitir a doença", finaliza.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON