Especial Covid-19

Especial coronavirus

Doria vai acabar com as restrições impostas pelo coronavírus

Será a primeira vez desde junho de 2020 que não haverá regramento para a abertura do setor de comércio e serviços

| ACidadeON/Araraquara -

Novas flexibilizações e fim das restrições (Foto: Governo do Estado de São Paulo)
 
O Governo de São Paulo vai terminar com as restrições de horário de funcionamento e de ocupação dos estabelecimentos impostas pelo coronavírus. A data para isso acontecer é 17 de agosto, segundo anuncio feito em coletiva na tarde desta quarta-feira (28).

Será a primeira vez desde junho de 2020, quando foi criado o Plano São Paulo para combater a covid-19, que não haverá regramento para a abertura do setor de comércio e serviços.

Antes do fim das restrições, no entanto, haverá uma última etapa da quarentena. Entre os dias 1° de 16 agosto os estabelecimentos vão poder funcionar até a meia-noite, em 80% da capacidade. Até o dia 31 de julho, a regra diz que o horário limite é 23 horas e a capacidade de 60%.

Entre os dias 1° e 16 de agosto também não haverá toque de recolher. A medida variou de horário, mas estava em vigor desde o final de fevereiro de 2021.

O ACidade ON traz mais informações sobre a coletiva desta quarta ao longo da tarde. No vídeo abaixo você acompanha a coletiva na íntegra.

Mais notícias


Publicidade