cotidiano

Especial coronavirus

Não vacinados representam 50% das internações por covid-19

Os outros 50% de casos graves são de pacientes com comorbidades, de acordo com Jeferson Yashuda, diretor da Diretoria Regional de Saúde

| ACidadeON/Araraquara -

 

Os pacientes graves de covid-19 não tomaram a vacina ou possuem algum tipo de comorbidade (Foto: Divulgação)

 

Os não vacinados representam 50% das internações por covid-19 nas 24 cidades que compõem a Diretoria Regional da Saúde (DRS III), incluindo Araraquara. Os outros 50% de casos graves são de pacientes com comorbidades, segundo Jeferson Yashuda, diretor da DRS III.  

"Os que tomaram a vacina possuem comorbidades e por isso se encontram em estado grave. E o número de pessoas que não tomou a vacina é muito grande. Por isso, é muito importante que todos procurem a vacinação", ressaltou Yashuda, em entrevista à Rádio CBN Araraquara.  

Ele ressaltou que, nas 24 cidades abrangidas pela DRS III, que inclui 880 mil pessoas com idades acima de 12 anos, e que portanto podiam ser vacinadas até o momento, 98,2% receberam a primeira dose, 93,6% foram imunizados com a segunda dose e 20% com a terceira dose da vacina.  

"O que nos dá tranquilidade em relação ao não agravamento da nova variante Ômicron é a vacinação", comentou o diretor da DRS III.  

INTERNAÇÕES EM ARARAQUARA  

De acordo com boletim divulgado nesta quinta-feira (13) pela Prefeitura de Araraquara, hoje a cidade tem 35 pacientes de covid-19 internados, sendo 28 em enfermaria (24 confirmados e 4 suspeitos) e 7 confirmados na UTI.  

Destes 35 internados, 30 são moradores de Araraquara e 5 residem em outros municípios: Américo Brasiliense, Boa Esperança do Sul, Ibitinga, Pirassununga e São Carlos.  

Com relação às internações nos serviços hospitalares que disponibilizam leitos para covid-19 (públicos e privados), a cidade conta hoje com uma taxa de ocupação de 57% de leitos de enfermaria e 26% de UTI.  

O Hospital São Paulo tem 20 pacientes, o Hospital São Francisco tem 6 pacientes, a Unidade do Melhado tem 5 pacientes e o Hospital Estadual de Américo Brasiliense (Heab) tem 4 pacientes.

Mais notícias


Publicidade