cotidiano

Especial coronavirus

Araraquara registra nova morte e mais 486 casos de covid-19

Dados da pandemia foram atualizados, neste domingo (16), pelo Comitê de Contingência do Coronavírus

| ACidadeON/Araraquara -


  



 

Araraquara registrou, neste domingo (16), mais 486 casos positivos de covid-19 e uma nova morte. Com isso, a cidade chegou a 612 mortes pela doença, desde o início da pandemia.  

A vítima mais recente da doença na Morada do Sol é uma mulher, de 59 anos, internada na rede pública de saúde desde o último dia 8 de janeiro.


Os números são do boletim do Comitê de Contingência do Coronavírus e as novas notificações representam 37,41% de 1.299 amostras analisadas nos serviços públicos e privados. 


Considerando somente as pessoas que buscaram os serviços de saúde com sintomas, o percentual sobe para 78,47% de 353 amostras, com 277 positivadas. 


Em relação aos testes em pessoas sem sintomas nos setores econômicos, foram aplicados 946 testes no último sábado (15), com 209 resultados positivos. 


Com a nova atualização, Araraquara chegou a 39.882 casos confirmados de covid-19. Do total de confirmados, 3.290 permanecem em quarentena, enquanto 35.494 saíram. 


Neste domingo, 24 amostras aguardam resultado.  

Dos 32 internados em Araraquara, oito estão na unidade de retaguarda do Melhado (Foto: Tetê Viviani/Secom)


Ao todo, 32 pacientes estão internados em Araraquara: 26 em enfermaria - 21 confirmados e cinco suspeitos -, além de seis confirmados em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). 


Dos 32 internados, 24 são moradores de Araraquara e oito são de outros municípios, sendo Américo Brasiliense (3), Barra Bonita (1), Boa Esperança (2), Ibitinga (1) e Rincão (1). 


Em relação às internações nos serviços hospitalares exclusivos para covid-19 - públicos e particulares -, a cidade possui taxa de ocupação de 53% em enfermaria e 22% em UTI. 


Hoje, o hospital São Paulo possui 12 internados, o hospital São Francisco tem sete, a unidade do Melhado possui oito e o hospital estadual de Américo Brasiliense (HEAB) tem cinco. 


Até o momento, foram 612 mortes por covid-19. A vítima mais recente é uma mulher, de 59 anos, com comorbidades, que estava internada na rede pública desde 8 de janeiro. 

 

 





Mais notícias


Publicidade