Aguarde...

cotidiano

CUCA abre vagas para cursinho gratuito em Araraquara

O cursinho é para alunos baixa renda e as inscrições são feitas pelo whatsapp; veja os números

| ACidadeON/Araraquara


Cursinho popular está com inscrições abertas (Foto: Divulgação)
O Curso Unificado do Campus de Araraquara (Cuca), cursinho popular de Araraquara, está com inscrições abertas até o dia 20 de março, com início das aulas em 19 de abril.
São 90 vagas no Centro/Manhã, 70 vagas no Centro/Noite e 110 vagas no Instituto de Química. 

De acordo com Lívia Navarro Gonçalves, 33 anos, professora de Geografia Geral e integrante do comitê de divulgação, por conta da fase vermelha as inscrições deste ano serão realizadas via whatsapp (Veja números abaixo).  

"Caso a pessoa tenha problemas com inscrição, vamos disponibilizar um e-mail para que a pessoa mande sua justificativa pedindo a inscrição presencial, que só pode ser feito com horário marcado no Instituto de Química", ressalta.  

Para concorrer a uma vaga, a pessoa deve ter concluído o ensino médio ou equivalente, ou que estão cursando o terceiro ano neste ano de 2021.  

A seleção será a partir da análise socioeconômica e também a partir dos documentos enviados via whatsapp RG, CPF, número do NIS (caso possua), três últimos holerites de todos os membros da casa (originais), carteira de trabalho (cópia ou original), três últimas contas de luz, três ultimas contas de água, três ultimas contas de celular, telefone ou internet, além de financiamento e demais boletos que a família possa ter planos de saúde, cursos, farmácia (Todos originais).  

"O segundo critério é a analise do histórico escolar, utilizando apenas as médias de português e matemática do ensino médio. A composição 80% socioeconômica e 20% do histórico escolar, ou seja, o cursinho popular vai levar muito mais em conta a realidade socioeconômica da pessoa que a nota do histórico escolar", explica Lívia.  

BONIFICAÇÕES

Ainda segundo a professora, portadores de deficiência física ou mental com a apresentação de atestado médico; pessoas que se autodeclaram pretos, pardos ou indígenas; ou que sejam filhos ou filhas de mãe solo, se declararem transgêneros e egressos do sistema prisional, terão bonificações na análise socioeconômica. 

Os resultados serão divulgados no dia 12 de abril nas páginas do Cuca.  

WhatsApp para inscrições
Centro Manhã 99354 53 64
Centro Noite 99155 80 72
Instituto de Química 99795 04 91


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON