ACidadeON Araraquara

Araraquara
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Estudante de medicina é morta pelo namorado; ele se matou depois

A jovem se formou na última sexta-feira em medicina

| ACidadeON/Campinas

Tragédia aconteceu na madrugada deste domingo. (Foto: ACidadeON Campinas)

Uma estudante de medicina de 27 anos foi morta pelo namorado no começo da madrugada deste domingo (8) no apartamento em que ela morava no Jardim Aurélia, em Campinas. O rapaz, também de 27 anos, após passar madrugada com o corpo da jovem, se jogou do 16º andar do prédio e morreu. O suicídio ocorreu por volta das 7h. O caso aconteceu no condomínio Allegro, próximo ao supermercado Enxuto.

A jovem identificada pela polícia como Marília Camargo de Carvalho, se formou na última sexta-feira em medicina. A formatura dela seria no próximo final de semana. A família da jovem é do Paraná. A família da jovem estava vindo para Campinas onde comemoraria a formatura da estudante. 

Segundo a Polícia Civil, o rapaz, foi identificado como Rafael Garcia, e é de Minas Gerais, ele era formado em educação física, e estava estudando para fazer concurso público. Ele também morava na cidade, mas em outro endereço. Os dois namoravam há cerca de 5 anos. 

Ainda segundo a polícia, ele estava no apartamento da namorada quando se desentenderam. Segundo informações iniciais da Perícia Técnica Científica, a suspeita é que ela teria sido asfixiada no início da madrugada.  

De acordo com moradores, ninguém ouviu barulhos suspeitos no apartamento na noite deste sábado e nem durante a madrugada e por isso não perceberam o assassinato. Ainda segundo vizinhos, o rapaz foi visto entrando e saindo do prédio várias vezes durante a madrugada. Para se jogar do prédio o rapaz cortou uma tela de proteção. Antes, teria tentado se matar com um cabo de celular. 

Os dois corpos foram recolhidos na manhã deste domingo (8) e o caso será registrado no 1º Distrito Policial, no Botafogo.  

Rapaz era formado em educação física. (Foto: Reprodução Facebook)
Jovem morta pelo namorado. (Foto: Reprodução Facebook)

Veja também