Aguarde...

ACidadeON Araraquara

Araraquara
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Megaoperação contra o tráfico leva 14 pessoas para a cadeia em Araraquara

Dise divulgou dados sobre operação que desmantelou grupo que agia na região do Yolanda Ópice; cerca de 60 homens da Polícia trabalharam nesta quarta-feira (07)

| ACidadeON/Araraquara

Megaoperação da Polícia apreendeu nesta quarta-feira (07) balanças, material para embalo e cerca de R$ 5 mil em dinheiro; foram cumpridos 21 mandatos no total
 

A Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) emitiu no início da tarde desta quarta-feira (07) uma espécie de balanço da megaoperação policial realizada desde as primeiras horas do dia. No total mais de 60 policiais e 20 viaturas participaram da missão de combate ao tráfico de drogas desde às 5h30 no Parque das Hortênsias, Jardim Itália, Yolanda Ópice, Melhado, Vila Xavier e Residencial Lupo 2.  

A Polícia investigava através de interceptação, campana e cruzamento de informações um grupo criminoso que agia no bairro Yolanda Ópice, região Leste de Araraquara. Através deste trabalho, os policiais teriam reunido material suficiente para entender como agia o grupo e assim conseguiu identificar todos os membros, desde o chefe até demais integrantes. Até então, as investigações que começaram há cerca de seis meses já havia rendido a apreensão de nove quilos de cocaína e crack, além de R$ 9 mil em dinheiro, uma arma e 102 munições.  

Na manhã desta quarta-feira, com objetivo de finalizar as investigações, a Polícia conseguiu prender 19 pessoas, sendo 14 que estavam nas ruas e cinco que já estavam presas. Também foram cumpridos mandatos de busca e apreensão em residências, resultando em mais R$ 5 mil reais em dinheiro, 600 gramas de cocaína, 300 gramas de maconha, além de uma arma de fogo, munições e uma prensa que seria utilizada na preparação das drogas para comércio.  

O trabalho de campo dos policiais civis terminou por volta das 10 horas e os números apresentados somente no início da tarde. Dos presos, dez homens serão encaminhados para a Penitenciária de Araraquara e quatro mulheres serão levadas para a Penitenciária de Guariba. Outros cinco indivíduos já estavam cumprindo pena (por causa das investigações) dentro do sistema prisional e permanecem presos.  



Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook