Aguarde...

cotidiano

Polícia Civil prende acusado de matar aposentado no Jardim das Hortênsias

Crime foi registrado em 4 de março deste ano

| ACidadeON/Araraquara

Crime foi registrado no segundo Distrito Policial
A Polícia Civil de Araraquara prendeu nesta terça-feira (16) o acusado de matar José da Silva, de 65 anos. O pedreiro de 38 anos, que alega legítima defesa, teria assassinado o aposentado a facadas no dia 4 de março, no Jardim das Hortênsias.
O autor do crime chegou a se apresentar no dia 7 de abril, mas sem flagrante, ele acabou sendo ouvido e liberado.  

De acordo com o delegado Elton Hugo Negrini, o pedido de prisão temporária de 30 dias foi feito para garantia da instrução criminal, não correr risco de fuga e para a que seja feita a reconstituição do crime.  

Entenda o caso
O aposentado José da Silva foi encontrado já sem vida na Avenida Remo Frontarelli, em frente a um bar, com ao menos dois ferimentos feitos por uma faca, um no tórax e outro no abdômen. Com o idoso havia uma tesoura que foi apreendida. 

Em sua versão, o acusado do crime afirma que há tempos teve um desentendimento com um filho da vítima e que no último dia 4 de março foi até um bar do bairro e encontrou Silva. O desafeto o ofendeu e também o ameaçou mostrado uma tesoura de aço.  

Em meio a confusão, o pedreiro foi para casa e pegou uma faca com o objetivo de se defender. Na volta ao bar ouviu um grito e, ao se virar, levou uma tesourada no antebraço. Na reação, feriu o aposentado com diversas facadas.

Mais do ACidade ON