Aguarde...

ACidadeON Araraquara

Araraquara
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Corpo de bebê encontrado em Ibaté tinha perfuração no pescoço

A suspeita da Polícia Civil é de que a recém-nascida tenha sido morta e jogada em canavial. A possibilidade de aborto foi descartada

| ACidadeON/São Carlos

Delegado Gilberto de Aquino é o responsável pela investigação. Foto: ACidade ON São Carlos
A Polícia Civil de São Carlos descartou a possibilidade de aborto em relação ao corpo da bebê recém-nascida que foi encontrado em um canavial de Ibaté, na terça-feira (13).  

O laudo pericial do médico legista ainda não foi concluído, mas a polícia trabalha com a possibilidade da criança ter sido morta e o corpo jogado no canavial.  O pescoço do bebê tinha perfuração no pescoço causada por objeto cortante.  

De acordo com a perícia, a criança nasceu de uma gestação de cerca de oito meses.  

A polícia investiga se a morte foi cometida pela mãe, que ainda não foi identificada, e se houve participação de outra pessoa.  Ela pode responder por infanticídio, cuja pena varia de dois a seis anos de prisão.