Aguarde...

ACidadeON Araraquara

Araraquara
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Carro é apreendido usando placa oficial para 'driblar' fiscalização

À Polícia, proprietário disse que veículo seria alugado à Prefeitura de Matão e por isso usava placa da secretaria da Educação

| ACidadeON/Araraquara

Veículo foi apreendido ao passar no pedágio em rodovia da região.

Um Hyundai Elantra foi apreendido, na última sexta-feira (4), durante a Operação Rodovia Mais Segura, da Polícia Rodoviária. O veículo chamou a atenção dos policiais, segundo relatório, ao parar em uma praça de pedágio para pagar a tarifa - carros do Poder Executivo são isentos -, usando a placa oficial da secretaria de Educação de Matão. 

À Polícia, o condutor, de 43 anos, disse que o Elantra era de propriedade da Prefeitura e teria esquecido a documentação para isenção do pedágio. Na pesquisa feita pelos rodoviários, viram que se tratava de um carro particular, de propriedade de uma empresa e documentação atrasada desde 2014. Questionado, o motorista disse que estava apenas fazendo um favor a um amigo e que aquele não era um carro da Prefeitura. O homem também afirma que pegou o veículo em uma oficina com placas já instaladas e elas seriam para "burlar a fiscalização".  

Placa da Secretaria da Educação de Matão seria usada para burlar fiscalização.

O caso foi apresentado no Plantão Policial de Araraquara, onde o empresário e proprietário do carro, de 55 anos, disse atuar na área de aluguel de veículos e presta serviços à Prefeitura de Matão. O homem, segundo BO, confessou ter pego as placas sem conhecimento de qualquer funcionário em razão de seu acesso junto ao órgão e teria tomado essa atitude apenas para driblar a fiscalização e devolveria a placa após seu retorno. O veículo teria sido arrematado em um leilão e segundo depoimento do proprietário e documentação apresentada, foi retirado ontem. 

Diante da situação, o veículo foi apreendido pela autoridade policial e a dupla, o homem de 43 e o outro de 55 anos, foram ouvidos e liberados. O ACidade ON entrou em contato com a Prefeitura de Matão, porém, até o fechamento deste texto não recebeu retorno sobre o caso.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON