Publicidade

cotidiano

Mulher estupra duas crianças e é presa em Araraquara

Crime aconteceu na Casa Abrigo nesta sexta-feira (17), família estava abrigada no local; mãe flagrou o abuso

| ACidadeON/Araraquara -

 

Duas crianças foram estupradas por uma mulher na Casa Abrigo de Araraquara (Foto: Elza Fiuza / Agência Brasil)

Um estupro envolvendo uma mulher de 20 anos e duas crianças de 10 e 11 anos chocou Araraquara na manhã da última sexta-feira (17). 

O crime aconteceu na Casa Abrigo de Araraquara, local que abriga a mãe das crianças, de 36 anos, e seus filhos. A família está no local devido a histórico de violência doméstica.  

Segundo o boletim de ocorrência, a mãe teria flagrado a mulher de 20 anos, que é surda e muda, no ato sexual com uma das crianças, enquanto a outra subia as calças. A mulher é tida como agressiva, e possui algum atraso mental, porém não é interditada.  

De acordo com o boletim, a Guarda Civil Municipal (GCM) foi até a Casa Abrigo e soube do ocorrido. A equipe da GCM constatou o nervosismo da autora em atendimento psicológico,  e tomou as providências cabíveis. 

Como a autora é surda e muda, em seu depoimento foi necessário a ajuda de uma intérprete de libras. A mulher negou o abuso e disse que foi forçada pelas duas crianças a praticar o ato sexual. 

Ela foi presa em flagrante por estupro de vulnerável e encaminhada para a Cadeia Pública de Fernando Prestes. 

Representantes do Centro de Referência da Mulher (CRM) comparecem ao local e levaram a mãe e crianças para o Hospital Gota de Leite. As crianças passaram por exame de corpo de delito.   



Mais notícias


Publicidade