Publicidade

cotidiano

DIG prende suspeitos de espancar homem até a morte no Iedda

Dupla teria confessado participação no crime e Justiça autorizou prisão temporária por 30 dias

| ACidadeON/Araraquara -

Crime ocorreu nas primeiras horas desta quarta-feira (27) no Jardim Iedda (Foto: Colaboração)
 

 

A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) prendeu, nesta quarta-feira (27), duas pessoas suspeitas de participarem do espancamento que causou a morte de um homem, de 45 anos, na Rua dos Eletricitários, na região Sul de Araraquara. 

Segundo o delegado responsável pelo caso, Edmar Benedito Piccolo Júnior, a partir do registro da ocorrência as equipes iniciaram as investigações para elucidar o crime e identificaram duas pessoas que acabaram confessando a participação no espancamento.  

 

LEIA TAMBÉM 

Homem é espancado até a morte no Jardim Iedda

Piccolo Júnior afirmou ainda que a motivação do crime, segundo os acusados, foi à perturbação feita pela vítima aos moradores da região. "Inclusive no levantamento tinha um BO anterior de que a vítima havia sofrido agressões por populares", completou.  

"Diante da confissão dos indivíduos nós representamos para a Justiça sendo cumpridos os mandados de prisão temporária por 30 dias e eles foram encaminhados a uma cadeia da região para passarem pela audiência de custódia", explicou Edmar Piccolo Júnior.  

DIG de Araraquara prendeu suspeitos do crime (Foto: Arquivo)

A Polícia Civil deve prosseguir com as investigações para tentar verificar o envolvimento dos suspeitos nas agressões anteriores, bem como para identificar outros possíveis autores dos socos, pontapés, pedradas e pauladas que tiraram a vida de José Marciano dos Santos. 

O caso segue sob responsabilidade da Delegacia de Investigações Gerais de Araraquara. 

Mais notícias


Publicidade