Publicidade

cotidiano

Polícia busca suspeito de atear fogo em casa e matar jovem em Araraquara

Veja o que se sabe até agora sobre o caso

| ACidadeON/Araraquara -

Karunã foi encontrada queimada, deitada na própria cama
A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Araraquara está em busca do acusado de matar e colocar fogo na casa da jovem Karunã Ferreira Coimbra Manduca, de 30 anos. O corpo dela foi encontrado carbonizado, na manhã do último domingo (22), no Jardim Brasil, em Araraquara. 

O QUE SE SABE DO CASO
Antes de ser encontrada sem vida, na manhã de domingo (22), a jovem teria sido vista lavando e estendendo roupa. Pouco depois, vizinhos teriam ouvido uma discussão na casa.  

Uma vizinha contou que, por volta das 10h, viu uma fumaça preta saindo da residência. Ela chegou a chamar por Karunã, mas não teria tido reposta. 

Junto à outra conhecida, a vizinha, então, teria ido até a casa da jovem, aberto o portão e visto o quarto e a cozinha pegando fogo. Elas chamaram o Corpo de Bombeiros, enquanto outros moradores tentaram apagar as chamas.  

Quarto e sala da residência pegaram fogo; caso aconteceu no Jardim Brasil (Foto: Gabriela Martins/ acidade on)

O primo da jovem foi até o local, entrou na casa e encontrou o corpo da jovem carbonizado na cama. A filha dela, de 10 anos, não estava no local.  

A Polícia Militar e Guarda Municipal foram acionados e isolaram a cena do crime. O Corpo de Bombeiros controlou as chamas para a realização da perícia. 

Após analisar o local, o corpo da jovem foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), sendo constatada a presença de mordaça e um pano no rosto na jovem.  

Um cordão feito com cobertas, ligando o fogão à cama, também foi identificado pela perícia.  

A Polícia Civil tem um suspeito do crime, mas para não atrapalhar as investigações, não informou sua identidade.

DESPEDIDA
Familiares e amigos se despedem de Karunã às 11h desta segunda-feira (23) no Cerimonial Sinsef e o enterro acontece às 14h, no velório municipal.

Publicidade