Aguarde...

ACidadeON

Voltar

cotidiano

Justiça de SP suspende novamente acordo da Embraer com Boeing

Esta é a segunda vez que negociação entre as empresas é suspensa na Justiça

| FOLHAPRESS

Negócio Boeing e Embraer

A Justiça Federal de São Paulo suspendeu mais uma vez, nesta quinta-feira (20), a venda da Embraer para a Boeing. A liminar foi concedida no âmbito do processo movido pelo Sindicato dos Metalúrgicos, que representa a região de São José dos Campos, Araraquara (Gavião Peixoto) e Botucatu, que abriga um dos principais pólos de produção da Embraer no país, e a Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos. 

A decisão é do juiz Victorio Giuzio Neto, da 24ª Vara Cível Federal de São Paulo, o mesmo que no início do mês já havia interrompido o acordo ao conceder liminar favorável à ação movida por deputados petistas. Quatro dias depois, a decisão acabou sendo cassada pelo TRF-3 (Tribunal Regional Federal da 3ª região), a pedido da AGU (Advocacia-Geral da União). 
 
Em nota, a assessoria de imprensa da Embraer diz que "a Companhia tomará todas as medidas judiciais cabíveis para reverter a referida decisão e manterá seus acionistas e o mercado informados acerca de quaisquer desdobramentos relevantes relativos à Ação Popular."

Mais do ACidade ON