Aguarde...

ACidadeON Araraquara

Araraquara
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Contra o Aedes, a Prefeitura de Araraquara realizará 'fumacê' em toda a cidade

Cidade enfrenta uma epidemia com mais de 2 mil casos de dengue e três mortes confirmadas

| ACidadeON/Araraquara

Mutirão contra a dengue nos bairros de Araraquara (Fotos: Fernanda Manécolo)
A Prefeitura de Araraquara irá intensificar, nos próximos dias, suas ações de combate aos mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue. Com 2.035 casos da doença, a Secretaria de Saúde irá adotar o fumacê pelas ruas da cidade como forma de matar os mosquitos adultos e reduzir a transmissão da doença.

Para isso, uma viatura equipada com dois termonebulizadores (um apontado para cada lado da rua) irá espalhar o inseticida, que se transforma em nuvem de fumaça e entra nas residências.

Antes da viatura passar o fumacê, agentes da Vigilância Epidemiológica irão entrar nas casas para retirar criadouros do Aedes aegypti, já que as larvas não são mortas pelo inseticida apenas o mosquito já adulto.

População está sendo atendida nos dengários, postos de saúde e Upas (Foto: Amanda Rocha)
 
O trabalho será precedido de ampla divulgação por parte da Secretaria de Comunicação por meio de reportagens e carros de som, que irão informar à população quais os locais exatos por onde o fumacê estará passando.

Ação também exigirá colaboração e cuidados por parte da população. No momento em que a viatura passar pela rua (no final da tarde, das 17h às 21h), as portas e janelas das residências deverão ser abertas para que a fumaça com o inseticida tenha acesso a todos os cômodos e mate os mosquitos. Além disso, os moradores e animais de estimação deverão se dirigir aos fundos da casa.

A Vigilância Epidemiológica ainda faz uma série de recomendações: alimentos devem ser acondicionados em recipientes próprios com tampa; gaiolas de pássaros devem ser cobertas; entrada de caixas de abelhas devem ser vedadas por 24 horas; roupas devem ser retiradas dos varais e veículos devem ser retirados das ruas; e, após a aplicação, água e alimentos dos animais domésticos devem ser trocados.

Segundo a Secretaria de Saúde, o fumacê não havia sido adotado ainda por duas razões. Uma delas é que os equipamentos e o inseticida precisaram ser adquiridos pela Vigilância Epidemiológica, que aguardava a entrega dos produtos. Além disso, a Sucen (Superintendência de Controle de Endemias) determina que o método seja executado apenas quando a ADL (Avaliação de Densidade Larvária) atinja o índice 5 durante oito meses seguidos, o que não é o caso de Araraquara. Porém, mesmo assim, a Prefeitura tomou a decisão de adotar o fumacê, devido à gravidade da situação.

Além do fumacê e dos mutirões de limpeza aos sábados, a Prefeitura intensificou as notificações e multas nos locais em que podem se proliferar criadouros e ampliou o acolhimento ambulatorial a pacientes que possivelmente tenham contraído a dengue.

O primeiro Polo de Atendimento à Dengue foi aberto no Cear no início do mês, funcionando diariamente das 7h às 17h. Na última segunda-feira (25), outro polo entrou em funcionamento: na Rua Voluntários da Pátria (Rua 5), nº 2310, no Centro. O novo local funciona todos os dias, inclusive aos finais de semana, das 7h às 20h.


Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON