Aguarde...

ACidadeON

Voltar

cotidiano

Por causa de epidemia de dengue, prefeito decreta estado de emergência

Edinardo Esquetini assinou documento nesta quinta-feira (4); cidade contabiliza 342 casos da doença

| ACidadeON/Araraquara

Prefeitura realiza mutirões e faz vistorias nas residências em busca de criadouros. (Foto: Divulgação/Prefeitura Matão)
 

Com 342 casos confirmados de dengue, a cidade de Matão - localizada a 34 quilômetros de Araraquara -, decretou estado de Emergência na saúde pública nesta quinta-feira (4). O documento assinado pelo prefeito Edinardo Esquetini (PSB) determina medidas preventivas e ações emergenciais na Terra da Saudade contra o vírus da Dengue, Zica e Chikungunya. 

Segundo dados divulgados pelo Posto de Saúde do Centro, na última quarta-feira (3), ao todo são 576 casos suspeitos da doença, 236 exames negativos e outros 342 confirmados. A partir da assinatura do decreto, a rede privada de Saúde também fica obrigada a informar à Secretaria da Saúde sobre os atendimentos realizados relacionados a doença.   

LEIA TAMBÉM 

Matão vive epidemia de dengue com 342 casos confirmados

A Prefeitura pode, a partir de agora, requisitar pessoal e equipamento de outras secretarias para auxiliar no combate aos focos de proliferação do mosquito Aedes aegipty - o índice larvário de Matão, segundo dados de janeiro, é de 1,3 (ideal é até 1). O Poder Público também fica dispensado de licitação para contratação e aquisição de bens e serviços.  

O prefeito de Matão Edinardo Esquetini (PSB) assinou documento nesta quinta-feira (4). (Foto: Reprodução EPTV)
 

Segundo a Prefeitura, medidas como a ampliação no atendimento das unidades de Saúde já foram realizadas. Tanto as unidades de Estratégia e Saúde da Família (ESF), quanto os Postos de Saúde estão sendo estruturadas com soro, remédio e médicos para receber o paciente. 

Epidemia em outras cidades
No fim de março, Rincão também confirmou epidemia com 217 casos de dengue. Segundo a Secretaria de Saúde, a quantidade de casos pode ter relação com Araraquara, que fica a 32 quilômetros e também enfrenta epidemia com 5.589 casos. Ao menos cinco mortes já foram confirmadas pela doença em Araraquara.

Mais do ACidade ON