cotidiano

Governo libera compra de vacinas contra covid pela iniciativa privada

Para secretaria-Geral da Presidência, medida provisória não trará prejuízos ao Plano Nacional de Vacinação

| ACidadeON/Araraquara -

Medida provisória permite que a iniciativa privada compre vacinas diretamente com os fabricantes. (Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
  

O presidente Jair Bolsonaro editou hoje (17) uma medida provisória para permitir que a iniciativa privada possa comprar vacinas contra a covid-19 diretamente com os fabricantes.

A medida é decorrência do fim do estado de emergência em saúde pública de importância nacional (Espin), decretado em função da pandemia de covid-19 no Brasil.

De acordo com a Secretaria-Geral da Presidência, a medida não trará prejuízos ao Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação
  
 
VEJA TAMBÉM
Araraquara confirma 196 novos casos de coronarívus 
Araraquara começa aplicar 4ª dose em pessoas com mais de 50 anos

O órgão justifica que a vacinação no país atingiu doses suficientes para contemplar 100% dos grupos prioritários. Além disso, o Ministério da Saúde mantém contrato com a Pfizer para compra de 100 milhões de doses e a possibilidade de compra adicional de 50 milhões.

"O que se vivenciava em 2021 - ante a escassez de vacinas no Brasil e no mundo, a iniciativa privada não estava autorizada a adquirir vacinas contra a covid-19, em detrimento do Poder Público - se modificou, e a escassez de vacinas restou superada, tendo o Estado sido capaz de ofertar vacinas à população em geral, em quantidade suficiente, conforme dados demonstrados pelo Ministério da Saúde", informou a secretaria. 
 
LEIA MAIS  
Hemonúcleo de Araraquara estende horário para atrair doadores

Publicidade