Aguarde...

ACidadeON Araraquara

Araraquara
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Praça Matriz é a principal referência da cidade

Festividades, fé, encontros e despedidas a colocam na memória afetiva de todo matonense

| ACidadeON/Araraquara

Thaís definiu a Praça Dr. Leônidas Calígula Bastia, mais conhecida como Praça Central ou Praça da Igreja Matriz como um lugar de paz
"Um lugar de paz." É assim que a pedagoga matonense Thaís Fernanda Fuzaro definiu a Praça Dr. Leônidas Calígula Bastia, mais conhecida como Praça Central ou Praça da Igreja Matriz.

Ponto inicial de desenvolvimento e expansão do município, a Praça ocupa duas quadras completas, delimitada pelas avenidas 15 de Novembro e Sete de Setembro e pelas ruas Rui Barbosa e Cesário Mota. Nela está o principal cartão postal da cidade: a Igreja Matriz Senhor Bom Jesus, além de um coreto, fonte luminosa e a estátua de Cairbar Schutel, primeiro prefeito de Matão.

Foi inaugurada lá atrás, no dia 8 de março de 1913, e recebeu o nome Praça Barão do Rio Branco, em agosto de 1915. Foi rebatizada em outubro de 1999 em uma homenagem ao médico Leônidas Calígula Bastia, primeiro prefeito eleito pelo voto popular, em 1948 [sempre lembrado por sua atividade profissional, além de atenção e cuidados aos mais carentes].

Festividades, atos públicos, desfiles, apresentações de bandas e fanfarras, começos de grandes amizades e amores. Thaís considera a Praça Central o ponto mais bonito da cidade e um lugar que está na memória afetiva de todos os matonenses, cada um com sua história particular.

"A praça já foi palco de milhares de histórias. Despedidas, chegadas, abraços... Quando era criança, todo domingo meu pai lia histórias para mim em frente ao chafariz. Sou apaixonada por ele até hoje", conta. "Após a missa ia com minha mãe para brincar com amigos no coreto, mas as melhores lembranças eram quando eu apenas ficava sentada, observando o entardecer e a beleza da praça", relembra com carinho.

Anualmente, no feriado de Corpus Christi, a Praça Dr. Leônidas Calígula Bastia recebe milhares de turistas, concentrando as principais atividades artísticas e culturais da celebração. Com tradição de mais de 70 anos, destaca-se pela beleza dos tapetes e o grande envolvimento de voluntários e associações locais, que a colocaram entre as principais do Brasil. "A praça é o maior ponto de referência da cidade", completa Thaís.