ACidadeON Araraquara

Araraquara
mín. 20ºC máx. 36ºC

divirtase

Paul McCartney acusa John Lennon pelo fim dos Beatles

À época, ele já estava com Yoko Onno, que era uma mulher "forte" e "intrusiva", nas palavras de McCartney

| FOLHAPRESS

Paul McCartney lançou um disco novo há menos de uma semana - "Egypt Station" saiu na sexta-feira (7)- mas o que tem tomado a dianteira de parte das entrevistas de divulgação não é seu trabalho mais recente, e sim as especulações envolvendo o final dos Beatles.    
Na quarta-feira (5), em entrevista ao radialista americano Howard Stern, o músico abriu o coração. A certa altura da conversa, Stern pergunta: "Quem terminou com a banda?". Ao que McCartney responde: "John terminou". De acordo com o guitarrista, John Lennon teria chegado em uma reunião da banda e dito: "Caras, estou saindo do grupo".   

À época, ele já estava com Yoko Onno, que era uma mulher "forte" e "intrusiva", nas palavras de McCartney. O ressentimento de McCartney veio à tona na letra de uma música da carreira solo do guitarrista, "Too Many People", em 1971, cerca de um ano após o final do grupo. Os versos diziam: aquele foi o seu primeiro erro / você pegou uma grande oportunidade e a quebrou em duas / agora o que pode ser feito por você? / você a quebrou em duas. 

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Cadastrados

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)
Comentário (obrigatório)
0 comentários