Aguarde...

ACidadeON Araraquara

Araraquara
mín. 20ºC máx. 36ºC

Economia

Heineken abre vagas de emprego em Araraquara; veja como participar

Contratações integram plano anunciado de modernização da fábrica na cidade

| ACidadeON/Araraquara

Planta da Heineken em Araraquara (Arquivo Felipe Turioni)
 
O Grupo Heineken no Brasil anunciou que serão criadas vagas de emprego já preparando para o processo de ampliação da fábrica em Araraquara. Entre os postos de trabalho abertos durante as obras e novas posições na Cervejaria, serão 270 pessoas contratadas até o final do ano. Dessas, atualmente, a planta já recebe 150 trabalhadores nas obras, sendo 60% de Araraquara e região. As demais foram anunciadas hoje.

São vagas para os cargos de eletricista, mecânico de manutenção, técnico de segurança do trabalho, vendedor e promotor de vendas. Para se inscrever e mandar currículos, os interessados devem acessar o site: https://heineken.randstad.com.br/ ou clicar aqui. O anuncio foi feito durante visita do prefeito Edinho Silva (PT) para o início das obras de modernização da Cervejaria, que está recebendo investimento de R$ 250 milhões em 2019.

Além do processo de produção, que não terá acréscimo de capacidade, o projeto visa a otimização da estrutura da estação de tratamento de despejos industriais da unidade, que já vem recebendo aportes contínuos nos últimos meses. "O projeto de modernização de nossa Cervejaria tem previsão de conclusão para o segundo semestre de 2019. As obras estão em sua fase civil e o cronograma está sendo cumprido", afirma Mauro Homem, diretor de Comunicação do Grupo Heineken no Brasil.

O investimento, segundo a empresa destacou anteriormente, estimula a economia regional, com a geração de empregos, renda e desenvolvimento. As novas posições de trabalho diretas na planta complementarão os 360 postos existentes hoje.

O projeto está alinhado a uma consistente estratégia de negócios, com investimentos de longo prazo no País. Em 2015, a unidade de Jacareí teve R$ 150 milhões investidos em equipamentos e tecnologias. Em 2016, Ponta Grossa (PR) recebeu aporte de R$ 400 milhões e passou a contar com a primeira linha de KEGs (barril) de Heineken fora da Holanda. Mais recentemente, em 2018, foram R$ 135 milhões investidos em Alagoinhas (BA) para a inauguração da 1ª linha no Nordeste.

O ACidadeON já disse anteriormente que as obras de modernização em Araraquara têm previsão de conclusão para o segundo semestre de 2019. A empresa vem sendo alvo frequente de reclamações por parte dos moradores. E o motivo não é o seu produto. O mau cheio emitido pela cervejaria é investigado pelo Ministério Público que abriu inquérito civil e policial para verificar as causas e se as medidas adotadas até o momento são suficientes para solucionar o problema.

Muita gente não sabe, mas todo o processo de fabricação das cervejas, desde o tratamento dos grãos ao engarrafamento é feito na unidade. Em 2012, a fábrica passou a produzir a Heineken aumentando a produção de litros de cerveja. Na época, a foi necessário a ampliação e a adaptação da fábrica de Araraquara adquirida dois anos antes com a compra da divisão do grupo mexicano Femsa pela Heineken motivada pelo aumento da demanda no País.