Aguarde...

ACidadeON

Voltar

Economia

Gavião Peixoto lidera ranking nacional de gestão fiscal

Contenção de despesas e enxugamento da máquina pública podem ter contribuído para a boa colocação no ranking

| ACidadeON/Araraquara

Gavião Peixoto lidera ranking nacional de gestão fiscal (Foto: Divulgação/Prefeitura)
 
O município de Gavião Peixoto ficou em primeiro lugar no ranking nacional do Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF). O município recebeu nota máxima nos quatro quesitos do levantamento: autonomia, gastos com pessoal, investimentos e liquidez. Gavião divide a liderança com São Pedro, ambos municípios paulistas.  

Realizado pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), o estudo analisou as contas de 2018 de 5.337 municípios brasileiros. O levantamento foi feito com base em dados oficiais repassados pelas próprias prefeituras à Secretaria do Tesouro Nacional (STN).

Menos secretarias, mais convênios
O prefeito de Gavião Peixoto, Gustavo Piccolo (PHS), considera que duas medidas são responsáveis pelo bom resultado: contenção de despesas fixas e enxugamento da máquina pública. Desde 2016, a administração reduziu o número de secretarias de 12 para quatro.  

"As pastas de saúde, educação e obras fazem a maioria das ações públicas e o gabinete concentra as outras ações. Com isso, se poupa recursos e se concentra iniciativas", afirma o prefeito.

Ele também destacou a assinatura de convênios com os governos estadual e federal.  "A gente conseguiu um grande número [de convênios] que deu muita capacidade de investimento para o município. Isso representa aproximadamente 28% do total de recursos da prefeitura. É um número bem alto, porque a média varia entre 7% e 8%", afirma.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON