Aguarde...

ACidadeON

Voltar

Economia

Custo do transporte escolar ficará 6% maior em 2020

Agora cabe a cada transportador decidir como será feito o repasse para os pais de alunos; preço do combustível é o que mais pesa para o setor

| ACidadeON/Araraquara

Transporte Escolar vai ter aumento de custos (Foto: Milton Filho)
 
O custo para o transportador escolar vai ficar 6% maior no ano que vem, segundo estimativa do Sindicato dos Transportadores de Escolares de Araraquara e Região. Isso pode significar um reajuste nas mensalidades, mas cabe ao transportador decidir os novos valores.   

Para conseguir fechar as contas no fim do mês e manter o filho de nove anos na van escolar, a manicure Priscila Gomes Espassa estuda reduzir uma das viagens do dia. Com isso, o gasto de R$ 220, por mês, passaria para R$ 160. "A van leva e busca, mas o valor já está pesado, por isso, se tiver reajuste não vou conseguir pagar".  

A dificuldade das famílias em pagar o transporte é o motivo pelo qual o transportador Rodrigo Pelícola não vai reajustar o preço em 2020. Mesmo com aumento nos custos, o valor para as 30 crianças que ele transporta diariamente seguirá o mesmo que em 2019. "Combustível está sempre aumentando e no contrato temos como subir o valor, mas não vamos fazer isso, porque sabemos que os pais também estão apertados sem dinheiro", afirma.  

A presidente do Sindicato dos Transportadores de Escolares de Araraquara e Região, Margarethi Guarniari, explica que o custo do transporte deve sofrer um aumento de 6% para o ano que vem, principalmente por conta da alta dos combustíveis e da inflação que deve fechar o ano em 3,84%. Mas o aumento no custo não significa reajuste nas mensalidades.  

"Algum reajuste deve ter sim, mas será pouca coisa. Cabe a cada transportador acordar com os pais os novos valores", diz.  

A presidente do sindicato lembra que muitos transportadores conseguem diluir o custo, principalmente, quando há aumento na procura. "Dependemos muito da rota que a criança está. Se aumentar a demanda, pode não ter aumento nenhum".  

A vigilante Gisele Dias Limeira já conta com um aumento na despesa com o transporte pra 2020. A van que apenas buscava a filha na creche, a partir do ano que vem, também vai levá-la, ou seja, o valor passará de R$ 100 pra R$ 200. "Vamos trabalhar mais para pagar", diz.

Mais do ACidade ON