Aguarde...

Economia

56,6 mil contribuintes prestaram contas ao 'Leão' em Araraquara

Se você perdeu o prazo, veja o que deve fazer; restituições já começaram a ser pagas

| ACidadeON/Araraquara

Declarações atingiram a projeção da Receita (Foto: Agência Brasil)
 
As declarações do Imposto de Renda ficaram acima da previsão da Receita Federal de Araraquara. Os 23 municípios entregaram além da projeção. 

Ao todo, a Receita Federal esperava a entrega de 195 mil documentos, porém, 197 mil foram entregues até a última terça-feira (30), prazo final das declarações. 

Em Araraquara, o percentual de entrega ficou em 100%. A previsão era de 56,5 mil declarações, mas foram entregues 56,6 mil. 

Matão também alcançou os 100%. Todos os 18 mil documentos esperados foram declarados. 

Já Rio Claro e São Carlos declaram acima do projetado pela Receita Federal e alcançaram 101% das entregas. 

Em São Carlos, foram entregues 62,8 mil documentos. Acima dos 61,9 mil previstos. O mesmo aconteceu com Rio Claro, que recebeu 49,6 mil declarações, ante a 48,9 mil esperados pela Receita Federal. 

PERDEU O PRAZO 
Quem perdeu a data limite pode enviar a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física a partir das 8h desta quarta-feira (1º). O contribuinte será multado em 1% do imposto devido por mês de atraso (limitado a 20% do imposto total) ou em R$ 165,74, prevalecendo o maior valor. 

O programa de preenchimento da declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física de 2020, ano base 2019, está disponível no site da Receita Federal. Quem já tem o programa instalado no computador não precisa baixar uma nova versão. O próprio sistema fará a atualização dos valores na hora de imprimir a guia.  

RESTITUIÇÕES  
O pagamento das restituições começou em 29 de abril e vai até 30 de setembro, em cinco lotes mensais. Quanto antes o contribuinte tiver entregado a declaração com os dados corretos à Receita, mais cedo será ressarcido. Têm prioridade no recebimento pessoas com mais de 60 anos, contribuintes com deficiência física ou mental e os que têm doença grave.

Mais do ACidade ON