Aguarde...

Economia

Umidificadores de ar registram alta de 60% nas vendas em Araraquara

Com tempo seco nos últimos dias, procura pelo equipamento cresceu nas farmácias da cidade

| ACidadeON/Araraquara

 

Procura por umidificador cresceu nas farmácias de Araraquara (Foto: Amanda Rocha/ACidade ON)

 

 O clima seco registrado há semanas em Araraquara fez disparar a venda de umidificadores de ar em farmácias da cidade. Em uma rede de farmácias, que conta com 23 lojas em Araraquara e outras em cidades da região, desde o mês de agosto já foram comercializados mais de mil equipamentos como esse. Um aumento de 60% na comparação com o mês de julho. 


Os umidificadores fazem a evaporação da água armazenada em um recipiente, espalhando uma fumaça úmida pelo ambiente da casa, por exemplo, para facilitar a respiração.

De acordo com o diretor da rede, Mateus Estrella, a procura vem crescendo pelo eletrodoméstico, principalmente em razão das queimadas, que contribuem para deixar o clima ainda mais seco na cidade.

"Realmente a demanda por esse produto sempre tem uma elevação durante todo o período de inverno e ele acaba atingindo o pico de procura, mais ou menos entre os meses de agosto e setembro quando a estiagem é mais sentida por todos. E esse ano de 2020 não está sendo diferente, pois está mais agravado por causa da incidência de queimadas que estamos tendo. Então a demanda sobe a cada dia, a procura pelo produto sempre cumprindo um papel de sazonalidade mesmo. E a gente tem sentido um aumento um pouco maior desde a última quinzena de agosto e fechando a primeira quinzena de setembro", explica.

O equipamento tem preço médio de R$ 150. O valor, segundo Estrella, está dentro do histórico de preços dos últimos anos. A explicação é porque a venda do produto é sazonal e, todos os anos, a rede faz compras antecipadas para ampliar o estoque.

"Como é um produto de sazonalidade a gente se prepara, pois todo ano a gente busca estocar para o período de inverno e nossa compra sempre é feita bem antes, lá pra março, a gente trabalha com o histórico anual e dessa forma a gente consegue garantir a compra pelo menor preço, não tendo que buscar isso no período de alta da demanda, o que é muito bom para o consumidor também, porque a gente consegue manter os preços, mesmo com variação cambial e com a alta demanda, a gente trabalha com o estoque bem antes para atender a população em todo o período, independente ou não da alta demanda", afirma.  

Pneumologista orienta a redobrar os cuidados com a hidratação; beber água é preciso (Foto: Amanda Rocha/ACidadeON)

A pneumologista Renata Arbex orienta que, além da utilização de umidificadores ou de outras receitas caseiras, como toalhas molhadas ou bacias com água dentro de casa para deixar o ambiente mais agradável, a hidratação constante do corpo é fundamental.

"Sempre deixar uma garrafinha de água, isso vale no carro, onde você está trabalhando, enfim, em casa. Passar hidratante pelo corpo, em especial crianças e idosos que perdem mais água pela evaporação que acontece em tempo seco, se estiver com os olhos muito ardendo, passar um colírio lubrificante nos olhos, manteiga de cacau nos lábios, comer as comidas que Deus deu, que tem maior composição de água, então frutas, verduras e legumes, que também ajudam na nossa imunidade. Exercício físico também é sempre muito importante para a nossa saúde, um remédio natural", finaliza.

Mais do ACidade ON