Aguarde...

Economia

'Carro voador' da Embraer tem primeiras encomendas no Brasil

Empresa firma parceria para viabilizar desenvolvimento de produtos e serviços no País

| ACidadeON/Araraquara

Projeto faz parte da Eve Urban Air Mobility Solutions (Imagem: divulgação/Embraer)
 

Uma parceria vai permitir a encomenda dos primeiros carros voadores da Embraer, batizado como eVTOLs. Além da colaboração no desenvolvimento de produtos e serviços, a parceria entre a Eve Urban Air Mobility e a Helisul Aviation, inclui até 50 eVTOLs com entrega em 2026.  

De acordo com a Embraer, Eve e Helisul têm colaborado para criar soluções de mobilidade urbana, aproveitando a infraestrutura de táxi aéreo no País para o uso de veículos elétricos de decolagem e pouso vertical (eVTOL). 

"Esta parceria com a Eve é motivo de muita satisfação para a Helisul. A Eve consegue antecipar as necessidades do mercado e a Helisul pretende seguir os seus passos lado a lado. Com as cidades cada vez maiores e o trânsito mais e mais congestionado, nossa parceria para construir soluções e práticas inteligentes para a mobilidade aérea vai melhorar a qualidade de vida nas grandes cidades, reduzindo a poluição e o tempo de deslocamento das pessoas, com uma opção de transporte porta a porta", disse Luis Carlos Munhoz da Rocha, Diretor Comercial da Helisul Aviation. 

"Soluções disruptivas de mobilidade aérea urbana podem trazer o mesmo tipo de benefícios que a aviação trouxe para viagens mais longas, tornando-as mais acessíveis, oferecendo aos passageiros urbanos mais opções de deslocamento. Nossa parceria com a Helisul nos permite inovar a infraestrutura de táxi aéreo do Brasil, que já é grande, e prepará-la para o futuro do transporte aéreo. Nossa equipe irá fornecer serviços abrangentes, incluindo soluções de gerenciamento de tráfego aéreo urbano, e se beneficiará do conhecimento único que a Helisul tem nesse mercado", disse Andre Stein, presidente e CEO da Eve Urban Air Mobility. 

As empresas planejam iniciar a parceria trabalhando em prova de conceito (POC, em inglês), utilizando helicópteros para validar parâmetros que poderão ser aplicados às futuras operações do eVTOL. 

Esta parceria, segundo o anúncio, visa desenvolver novos serviços e procedimentos que, com o envolvimento de outros stakeholders da indústria e da comunidade ligada ao setor, podem criar um ambiente seguro e escalonável para a expansão das operações do eVTOL, com foco em aspectos críticos de design que atenda a todos os usuários, incluindo como maximizar a acessibilidade e inclusão em "vertiportos" e nas operações de embarque do eVTOL. 

Subsidiária da Embraer e beneficiando-se de uma mentalidade de startup e apoiada na história de mais de 50 anos da empresa na fabricação de aeronaves e expertise em certificação, a Eve apresenta uma proposta de valor única ao se posicionar como uma parceira do ecossistema, oferecendo um conjunto de produtos e serviços. 

O design do eVTOL da Eve, centrado no ser humano, representa um design simples e intuitivo que continua a atingir marcos de desenvolvimento, incluindo o primeiro voo do simulador de engenharia em julho de 2020 e modelo em escala em outubro de 2020. 

Além do programa de aeronaves, a Eve aproveita a experiência da Embraer e da Atech, uma subsidiária do Grupo Embraer, no fornecimento de software de gerenciamento de tráfego aéreo mundialmente reconhecido para criar soluções que ajudarão a dimensionar com segurança a indústria de UAM a partir de agora.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON