ACidadeON Araraquara

Araraquara
mín. 20ºC máx. 36ºC

esportes

Cássio evita o pior em derrota do Corinthians no Chile

Na derrota por 1 a 0, camisa 12 foi decisivo para evitar que o Timão sofresse revés por placar maior no jogo de ida das oitavas de final

| ACidadeON/Ribeirao

Corinthians não jogou bem e esbarrou na marcação do Colo-Colo (CHI) (Foto: Felipe Zanca / Photosport / DiaEsportivo / Folhapress)
 

O goleiro Cássio foi o grande nome da partida de ida das oitavas de final da Copa Libertadores da América entre Corinthians e Colo-Colo (CHI), ontem à noite, no Estádio Monumental David Arellano, em Santiago (CHI). Com ao menos seis defesas difíceis, o camisa 12 evitou um prejuízo maior para o Timão, que saiu de campo derrotado pela contagem mínima, por 1 a 0, com gol marcado por Carmona. 

O Alvinegro conseguiu finalizar apenas uma vez no alvo, teve dificuldades para criar jogadas ofensivas e ainda sofreu para segurar a pressão dos donos da casa após a expulsão do volante Gabriel, no segundo tempo. O jogo da volta acontecerá apenas no dia 29, às 21h45, na Arena Corinthians. 

O time do técnico Osmar Loss terá que vencer por dois gols de diferença para conseguir a classificação direta ou devolvendo o placar de 1 a 0 para levar a decisão para a cobrança de pênaltis. O time chileno terá o direito de atuar por um empate ou por qualquer derrota derrota por um gol de diferença desde que marque pelo menos um gol para seguir adiante. 

Antes deste confronto, o Alvinegro viajará até Chapecó-SC para duelar com a Chapecoense-SC no domingo, às 16h, na Arena Condá, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. 

O jogo
Com a formação com três zagueiros, o Colo-Colo (CHI) mostrou que tinha a preocupação de anulas as jogadas em velocidade do ataque do Corinthians. O Timão se preocupou em trocar passes no meio de campo para diminuir o ímpeto dos donos da casa.

Sem profundidade, o Alvinegro não conseguiu passar pela marcação e criar uma oportunidade clara de gol. O Colo-Colo (CHI) ameaçou quando Paredes fez o cruzamento para Barrios, o atacante ajeitou para Valdivia e a bola ainda chegou no pé de Carmona. Atento no lance, Danilo Avelar apareceu para interceptar a jogada e afastar o perigo.

Aos 34 minutos, Cássio cresceu na saída do gol e salvou o Corinthians. Zaldivia dominou a bola no peito, próximo da pequena área, e só não abriu o placar devido a grande defesa do camisa 12 corintiano.

O domínio do jogo era todo do time chileno, que chegou à abertura do placar três minutos depois. Valdivia começou a jogada na intermediária e fez o lançamento para Opazo. O cruzamento veio da direita e Barrios emendou de primeira. Cássio espalmou para o meio da área e Carmona não perdoou.

A situação para o Corinthians ficou ainda mais complicada quando, no início do 2º tempo, o volante Gabriel recebeu o segundo cartão amarelo por falta no meio de campo e na sequência foi expulso.

Osmar Loss sacou Jadson e promoveu a entrada do zagueiro Léo Santos para fechar o sistema defensivo e apostar todas as fichas em escapadas de contra-ataque com Pedrinho, mas ficou difícil encaixar esta jogada.

O Corinthians só conseguiu chegar após boa trama ofensiva, que Danilo Avelar concluiu a jogada com tiro que saiu fraco, direto pela linha de fundo.

O Colo-Colo (CHI) ainda teve duas oportunidades claras para marcar nos minutos finais, mas Cássio garantiu que o prejuízo não fosse maior para o clube paulista. Valdés soltou uma bomba de fora da área, o goleiro espalmou e Pérez isolou no rebote. Na sequência, Pérez entortou a marcação e fez assistência para Barrios. À queima roupa, o atacante finalizou e Cássio mostrou todo o seu reflexo para impedir o segundo gol dos chilenos. 

Arte: Gaspar Martins / A Cidade


Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook