Aguarde...

ACidadeON Araraquara

Araraquara
mín. 20ºC máx. 36ºC

esportes

No sufoco, Ferroviária empata com Red Bull e garante 3ª final seguida na Copa Paulista

Toro Loko chegou a fazer 2 a 0 no 1º tempo, mas locomotiva conseguiu empatar

| ACidadeON/Araraquara

 

Ferroviária fez primeiro tempo ruim, mas se recuperou na etapa final (Fotos: Beto Boschiero/Ferroviária)

A Ferroviária disputará pelo terceiro ano seguido a final da Copa Paulista. Mas o RB Brasil quase quebrou a sequência grená na competição. No primeiro tempo, o Toro Loko abriu 2 a 0 com certa facilidade gols de Eduardo e Léo Castro e parecia ter o controle da partida até a expulsão do zagueiro Anderson Marques, aos 19 minutos do segundo tempo. A Ferrinha reagiu e chegou ao empate com Fellipe Matheus e Léo Artur. O resultado de 2 a 2 somado aos 2 a 0 conquistados em Campinas colocaram a AFE na decisão. O adversário será o Votuporanguense. 

Primeiro tempo 
Com a necessidade de reverter os 2 a 0 que sofreu no primeiro jogo, o RBB partiu ao ataque desde o apito inicial. Aos dois minutos, Jobson acertou o travessão e, aos três, o zagueiro Elton cortou no último momento o chute de Léo Castro. Nesse nível de pressão, o Toro Loko não demorou a sair na frente. Aos oito, Eduardo só teve o trabalho de empurrar para as redes depois de boa jogada de Anderson Marques. Aos 26, Léo Castro recebeu lançamento, saiu cara a cara com Gabriel Leite e ampliou. Já a Ferroviária não conseguiu ter nenhuma boa oportunidade e não se acertou na saída de bola e nem na criação do meio de campo.  

Segundo tempo

Em menos de um minuto, o zagueiro Anderson Marques forçou um cartão amarelo em um choque com Gabriel Leite e, na sequência, colocou o braço na bola ao impedir um ataque da AFE. Foi expulso pela arbitragem e o fato impulsionou a Ferroviária a reagir no jogo. O empate aconteceu com Fellipe Matheus, que contou com as costas do goleiro Júlio César para fazer o gol. O RB, mesmo com um a menos em campo, buscou o ataque, mas deixou espaços em sua defesa e levou o 2 a 2 aos 44, em bonita triangulação que terminou na finalização de Léo Artur.

Susto 

Aos 40 minutos do primeiro tempo, um lance deixou todos na Arena da Fonte apreensivos. Depois do rebote de Júlio César, goleiro do RB Brasil, em uma finalização de Caio Mancha, o atacante Jorge Eduardo disputou a bola com o defensor Renan e levou um chute no rosto. O atleta chegou a ficar desacordado e foi atendido pelo departamento médico afeano. Mesmo com os sentidos recuperados, Jorge foi levado de ambulância para um hospital em Araraquara, onde ficará em observação.
 
Recorde

Com a promoção "Futebol Sustentável", que troca duas garrafas pet por um ingresso, 6.061 torcedores compareceram à Arena da Fonte Luminosa. Foi o melhor público da Locomotiva na Copa Paulista. 
 
As informações são do globoesporte.com/ribeirão