Aguarde...

ACidadeON Araraquara

Araraquara
mín. 20ºC máx. 36ºC

esportes

Livinha busca nova vitória no UFC e projeta 'tríplice coroa' no Brasil

Atleta araraquarense volta ao octógono em fevereiro, em Fortaleza; estratégia é usar inteligência para vencer adversária

| ACidadeON/Araraquara

 

Restando vinte dias para voltar ao octógono em mais um desafio pelo Ultimate Fighting Championship (UFC), a araraquarense Livinha Souza pretende usar a inteligência para vencer o confronto com Sara Frota, em Fortaleza, dia 2 de fevereiro, e já projeta lutar no Rio de Janeiro, em maio, para buscar a tríplice coroa brasileira.  

Com 27 anos, a "Gangster Brasileira", como é conhecida, é uma das principais estrelas da região quando o assunto são as Artes Marciais Mistas (MMA). Com um cartel de 12 vitórias, apenas uma derrota na carreira e invicta há três lutas, a ex-campeã peso palha do Invicta FC se prepara para mais um desafio: o UFC Fortaleza.   

Livinha precisou de somente um minuto e vinte segundos para mostrar 'cartão de visitas' no UFC São Paulo. (Foto: Reprodução UFC)

2018
Vinda de uma estreia contundente no UFC São Paulo, nocauteando a australiana Alex Chambers, no primeiro round, a araraquarense comemora o ano de 2018 e os resultados obtidos.  

"Acho que o ano de 2018 foi muito proveitoso, é meu primeiro ano de UFC, completei meu um ano e meio de contrato e fiz uma boa luta no meu estado e no meu país, em um Ginásio onde eu conquistei vários campeonatos de judô e jiu-jitsu e agora estreie pelo MMA. Não foi perfeito, podia ter sido um pouco melhor, mas agora é projetar 2019, pois tem uma luta marcada no dia 2 de fevereiro", analisa.    

Sarah Frota (esq.) e Livinha Souza medirão forças no UFC Fortaleza. (Foto: Colaboração/Infoesporte)

UFC Fortaleza
Já no início de fevereiro deste ano, a lutadora tem um compromisso agendado no UFC Fortaleza, quando enfrentará a também brasileira Sara Frota. Sobre a adversária, Livinha mostra que já conhece bem a oponente e o caminho que deve seguir para conquistar mais uma vitória.  

"Eu sei que ela é canhota, que ela joga alguns golpes bem retos e procura acertar o queixo, mas pela minha análise e do meu staff eu tenho muito mais velocidade, meu jiu-jitsu é muito mais afiado, uma atleta muito mais completa e com uma inteligência tática muito melhor que a dela. Então vou usar o máximo da inteligência para ganhar a luta, não machucar e lutar quem sabe, em maio, no Rio de Janeiro e levar a tríplice coroa do Brasil", projeta.   

A araraquarense Livinha estreia neste sábado (22) no UFC, em São Paulo. (Foto: Amanda Rocha)

Top 10 e trabalho social
Com a carreira em ascensão, Livinha disse que a principal meta para este ano é chegar ao top 10 e que também sonha em desenvolver um projeto social para atender outras pessoas que desejam seguir no esporte. 

"Eu queria pelo menos ser top 10 neste ano de 2019, tenho o sonho grande de ser campeã do UFC. Sei que é um caminho longo e tem meninas na minha frente, que estão melhor posicionadas, estão melhores em card de lutas, mas vou procurar como eu sempre fiz que é trabalhar bastante minha estratégia, o mental e principalmente me esforçar nos treinos e na dieta para fazer uma base sólida e tentar ganhar o máximo de lutas que eu conseguir rumo ao cinturão e também ter um projeto de lutas em Araraquara. A gente já tem conversado com o Edinho [prefeito] para a gente dar oportunidade para outras pessoas. Assim como eu cheguei no UFC, qualquer pessoa pode chegar", finaliza.
 

(Com informações da CBN Araraquara)

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Veja também