Aguarde...

ACidadeON Araraquara

Araraquara
mín. 20ºC máx. 36ºC

esportes

Araraquarenses brilham em competição nacional de Karatê

20º Campeonato Brasileiro de Karatê foi realizado no Gigantão e contou com a participação de 400 atletas

| ACidadeON/Araraquara

 

24 atletas de Araraquara participaram do 20º Campeonato Brasileiro de Karatê e conseguiram bons resultados. A competição, realizada no último fim de semana no Ginásio de Esportes "Castelo Branco", o Gigantão, contou com a participação de 400 atletas de 14 Estados do País.  

Ano passado a competição foi em Fortaleza, no Ceará, com participação de 80 atletas do estado de São Paulo. Este ano Araraquara sediou o torneio e colheu bons frutos. É que dos atletas, três delas, Estefani Petroni, Vitória Sponhardi e Eduarda Costa ganharam medalha de ouro na categoria katá, que é uma modalidade individual que recria os movimentos do karatê.
Estefani participa de competições há seis anos e explica melhor sobre a categoria em que foi vitoriosa.  

"Seria mais uma apresentação de movimentos, que a gente chama de luta imaginária e a avaliação é feita na parte técnica e a física. É trabalhado equilíbrio, força, postura, base, ritmo e estética do katá", explica.   

Amigas conquistaram medalha de ouro na categoria katá. (Foto: Milton Filho/CBN Araraquara)

Vitória Sponhardi, que também levou ouro na categoria transmite experiência não só da competição, mas no trabalho em grupo com as colegas.  

"As vezes uma fica um pouco mais nervosa do que a outra, ou as vezes mais agitada, mas no fim cada uma vai se acalmando e acalmando a outra e é uma coisa que precisa das três e cada uma está focada no seu e ao mesmo tempo cada uma sente a energia da outra e é isso que complementa tudo. Então hora que a gente entra ali meio que esquece o resto e concentra só naquilo", afirma.  

Das três amigas atletas, Eduarda Costa além de participar da categoria katá ainda luta. Ela conta que para a competição do final de semana treinou desde o começo do ano.  

"Todos os dias treino técnico de uma hora ou uma hora e meia. E na parte física entre uma hora e uma hora e meia também. Acaba sendo uns dois treinos ou três treinos por dia. O karatê não é só a luta em si, não é só o katá, é o conjunto. Uma coisa agrega na outra. Sem um, não encaixa o outro", disse.   

Competição ocorreu no último fim de semana, no Gigantão, em Araraquara. (Foto: Milton Filho/CBN Araraquara)

Sobre a participação maior das mulheres na competição o vice-presidente da Federação de Karatê Paulista, Edson Rogério Petrônio comenta.  

"Praticamente hoje não existe mais diferença dentro do karatê. As categorias femininas hoje são extremamente carregadas, são lotadas, todas elas competem de igual pra igual com o nível técnico. Tem a mesma representatividade em todas as esferas de competições, de estado, de governo, município, quanto a isso estamos tranquilos", afirma.  


Petrônio ressalta que este foi o primeiro ano em que a competição recebeu o maior número de participantes com deficiência, sendo competidores de cinco estados brasileiros.  

Destaques
Os destaques de ouro da cidade foram Kauane da Silva Santos (kata), Isaac Ulisses Caiano (luta), Gabriel Carlos Câmara dos Santos (por equipe), Bruno Henrique Paschoal (por equipe), Hugo Campanhol (kata), Victória Eloiza Sponhardi (kata por equipe), Stella Cabrera Petroni (kata), Vinicius Henrique da Silva Rios (luta), Eduarda Regina Costa Luiz (kata por equipe), Adriel Soares (luta), Márcia de Windson Lobo (luta por equipe), Carlos Alberto Moura (kata ACD) e Jenifer Fracarolli (kata ACD).

Também as medalhas de prata conquistadas pelos atletas da Fundesport João Pedro Mastriani da Silva (luta), Daniel Cezar Assencio (luta), Edevaldo Souza (kata), Valentim Rodrigo Pires (luta) e Stefany Cabrera Petroni (kata) foram decisivas para ampliar a pontuação paulista.

Além de ouro e prata, a Fundesport esteve no pódio dos melhores do Brasileiro com as medalhas de bronze de Roberta Cristiane Rodrigues (kata), Rodrigo Custódio Lima (luta) e Daniel Rodrigo Monteiro (kata).  

(Com informações da CBN Araraquara e Secom)

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook