Aguarde...

esportes

Ferroviária se complica e depende da matemática para 'sonhar' com classificação

Time respira após derrota, mas precisa vencer adversários e torcer por combinação de resultados

| ACidadeON/Araraquara

Técnico Vinicius Munhoz da Ferroviária (Foto: Amanda Rocha/ACidadeON)

A Ferroviária vive situação dramática na Copa Paulista. É que após perder para o São Caetano, no último sábado (12), o time de Araraquara já não depende somente de seus resultados para avançar as quartas-de-final da competição estadual.  

A situação é atípica, uma vez que a Locomotiva Grená pode, após ostentar a melhor campanha geral do torneio, amargar a desclassificação antecipada e abandonar a luta por uma vaga direta na Copa do Brasil do ano que vem - time já está classificado para a Série D do Brasileiro.   

Ferroviária perdeu em casa para o São Caetano (Foto: Divulgação/Ferroviária)

Mas, apesar da desclassificação ficar por pouco no último fim de semana - Mirassol perdeu para o Santo André e desperdiçou a chance de carimbar a classificação antecipada -, o técnico Vinicius Munhoz se apega as chances matemáticas para manter o time mobilizado.  

"Enquanto se tem a condição matemática, vamos lutar. Na quarta vai ser um grande jogo, pela qualidade de Mirassol e Ferroviária. Enquanto tiver chance, vamos seguir nos dedicando, apoiando, sem renunciar ao nosso estilo de jogo", disse o comandante da Locomotiva.  

O time de Araraquara volta a campo nesta quarta-feira (16) precisando vencer para manter vivas às chances de classificação. O duelo com o Leão, adversário direto, será na casa do adversário, às 20 horas. Depois, no sábado (19), às 16 horas, na Arena da Fonte, a Ferroviária recebe o Santo André.

Mais do ACidade ON