Aguarde...

esportes

Conselho aprova por unanimidade entrada de investidor na Ferroviária

Reunião aconteceu nesta terça-feira (19) e contou com a presença de todos os conselheiros; MS Sports ficou com 49% das ações da SA

| ACidadeON/Araraquara

 

Ferroviária tem novo acionista e projeto para chegar a elite do futebol em cinco anos (Foto: Amanda Rocha/ACidadeON)

O Conselho da Ferroviária aprovou nesta terça-feira (19), durante reunião na sede do clube, na Arena da Fonte, a entrada da MS Sports como novo investidor do clube. A empresa, que teria o empresário Saul Klein como representante, adquiriu 49% das ações da Ferroviária S/A. 

Durante o encontro, Marcelo Teixeira, ex-diretor do Fluminense, teria apresentado aos acionistas os planos do novo grupo para o time de Araraquara. Segundo apurado, um dos filhos do empresário iria acompanhar de perto o andamento dos investimentos na Locomotiva Grená. 

"A assembleia serviu para aprovar a transferência das ações da Know How, maior acionista que tinha na Ferroviária, para a MS Sports. Ela passou a ser a detentora dos direitos das ações e vai fazer a gestão do futebol da Ferroviária. Essa reunião foi pra dar início ao trabalho deles a frente da Ferroviária", disse o presidente do Conselho Deliberativo da Ferroviária, Welson Alves Ferreira Junior, o Juninho. 

Um dos objetivos apresentados pelo novo investidor seria potencializar a formação de atletas da Ferroviária. Outro ponto, seria a construção de um elenco competitivo para a disputa do Campeonato Paulista do ano que vem. A meta da MS Sports é no prazo de cinco anos colocar o time araraquarense na elite do futebol nacional. 

"Eles vão tentar fazer um trabalho de revelação, com um time muito forte em termos de base pra dar um crescimento sustentável para a Ferroviária. É um projeto muito bom, o Conselho gostou muito e hoje a assembleia foi para ratificar essa parceria e a partir de agora a MS Sports começa a trabalhar", afirma Juninho. 

Um dos temores de parte da torcida é em relação a uma possível mudança de sede da Ferroviária para outra cidade. Em relação a isso, Juninho foi enfático em negar: "Isso está totalmente descartado. Já existe um trabalho, estamos a cerca de 40 dias do início de um trabalho para o Paulistão e não temos nem tempo hábil para mudar todo um trabalho agora. Roque Júnior permanece a frente da direção de futebol, comissão técnica também permanece. Mantém todo o conselho, diretoria, é mais a equipe de gestão, pessoal que vem dar mais um gás no projeto Ferroviária", finaliza.  
 


Mais do ACidade ON