Aguarde...

esportes

Tatiele Silveira é eleita a melhor treinadora do Brasil

O Prêmio Brasileirão 2019 também consagrou a goleira Luciana Dionizio e as meio campistas Maglia e Aline Milena

| ACidadeON/Araraquara

Premiação elegeu os melhores do Brasil (Fotos: Lucas Figueiredo/CBF)
 
A técnica do time de futebol feminino da Ferroviária, Tatiele Silveira foi eleita a melhor treinadora do ano no Prêmio Brasileirão 2019, que foi distribuído na noite da última segunda-feira (09), no Rio de Janeiro. Também foram premiadas a goleira Luciana Dionizio e as meio campistas Aline Milene de Lima e Maglia Soares.  

"São dois sonhos realizados em uma mesma oportunidade, de ser a primeira mulher a conquistar o título Brasileiro e receber uma premiação de melhor treinadora da competição. Não tem palavras para descrever, é uma emoção muito grande. Estou representando tantas mulheres que lutam diariamente, muitas treinadoras que têm muita qualidade e que também estão buscando seu lugar no futebol feminino", afirmou a treinadora, que recebeu o troféu das mãos de Pia Sundhage, técnica da Seleção Brasileira Feminina.   

Tatiele Silveira foi eleita a melhor técnica do Brasil (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

A história de Tatiele se mistura com o futebol feminino desde cedo. Ex-jogadora, ela se dedicou a estudar a modalidade para ajudar no crescimento. Já como treinadora, passou pelo Internacional, Grêmio e foi auxiliar na Seleção Brasileira Feminina Sub-17. No ano passado, venceu 38 dos 40 jogos que disputou à frente das coloradas, conquistando o Gauchão e chegando à semifinal do Brasileirão A-2.  

Nesta temporada, um novo desafio e um novo objetivo: assumir o comando da Ferroviária, clube tradicional da modalidade, e lutar para ajudar o time a voltar ao topo nacional.  

Tatiele acreditou no projeto e cumpriu o prometido. As Guerreiras conquistaram a tão sonhada taça do Campeonato Brasileiro Feminino A-1 chegou e se consagraram como a primeira equipe bicampeã da principal competição do País.  
 
Luciana Dionizio é eleita a melhor goleira do Brasil (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Luciana
Os olhos e mãos atentos da goleira Luciana Dionizio também foram premiados. Ela foi eleita a melhor do Brasil. Luciana que tem um história de superação no futebol, onde chegou inclusive a quase desistir da carreira por conta de problemas pessoais.  

"Fico bem feliz. Foi um ano que a gente batalhou muito. Eu em especial também me dediquei bastante. Sempre visando o título, mas nunca pensando em troféu individual. Sempre em equipe. Mas graças a Deus isso veio a se consagrar, então mostra que meu trabalho, com minha treinadora Vanessa, das meninas que vêm junto comigo, isso vem dando muito fruto", afirma a jogadora.  
 
Maglia e Aline também foram premiadas como destaques do futebol feminino (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Aline Milena e Maglia
O jeito calmo de falar não reflete a personalidade de Aline Milene em campo. Com muita vontade, garra e inteligência, a camisa 10 tem um talento que pode ser visto de longe. Depois de quatro anos jogando no exterior, a meio-campista voltou ao Brasil em 2019 para brilhar na Ferroviária e agora foi eleita a melhor meia da competição no Prêmio Brasileirão 2019.  

"Me sinto muito honrada e feliz. Foi uma das minhas metas esse ano (ganhar o Brasileirão), eu voltei com esse intuito, queria jogar o Campeonato Brasileiro e ser campeã, consequentemente. Estou muito feliz com essa oportunidade de fazer meu primeiro ano de volta ao Brasil", diz.  

Já Maglia Soares chegou a ouvir que por uma lesão no joelho não iria mais jogar futebol. Porém insistiu e na Ferroviária conquistou a braçadeira de capitã e a taça do Campeonato Brasileiro Feminino A-1 e o título de melhor volante da competição.  

"É uma alegria muito grande poder participar dessa festa e estar entre as melhores do Campeonato Brasileiro. No ano passado eu pensei em parar de jogar futebol, mas fui teimosa e consegui fazer um ano muito bom com a Ferroviária. Conseguimos o título e estou muito feliz por tudo que está acontecendo", afirma Maglia.

Mais do ACidade ON