Artistas de Araraquara apresentam performance no CEAR Artistas de Araraquara apresentam performance no CEAR

Artistas de Araraquara apresentam performance no CEAR

SLAMC: 'As Linguagens Radicais do Teatro no Brasil' e performance 'Encruzilhada Futurista: Estéticas Periféricas' estão no penúltimo dia do festival; confira

Artistas independentes apresentam performance Encruzilhada Futurista no CEAR







O penúltimo dia da programação da Semana Luís Antonio Martinez Corrêa, nesta sexta-feira (24), apresenta a mesa redonda 'As Linguagens Radicais do Teatro no Brasil', às 16 horas, no Anfiteatro A da Faculdade de Ciências e Letras - Câmpus UNESP Araraquara; e a performance 'Encruzilhada Futurista: Estéticas Periféricas', às 19h30 no CEAR. 

Toda a programação é gratuita e é necessária a apresentação do comprovante de vacina e obrigatório o uso de máscara durante os eventos.

Para a mesa redonda 'As Linguagens Radicais do Teatro no Brasil', os convidados irão concentrar sua abordagem nos aspectos modernos trazidos pela dramaturgia de Lúcio Cardoso, Jorge Andrade e Nelson Rodrigues para o teatro brasileiro. 

 VEJA TAMBÉM 

Confira programação do dia de São João em Araraquara 

Araraquara tem noite de rock alternativo feito por mulheres



Com mediação da Profª. Drª. Renata Junqueira (Unesp/Araraquara), a mesa contará com a participação de: Prof. Dr. Luiz Gonzaga Marchezan (UNESP/Araraquara), com 'A dramaturgia moderna de Jorge Andrade em Rastro atrás'; Profª. Drª. Edimara Lisboa (UNESP/Araraquara), com ' Lúcio Cardoso e a introdução do teatro de câmara no Brasil'; e a Mestranda Carolina Ubal Salvático (UNESP/Araraquara), com 'Nelson Rodrigues: Teatro Moderno, Mulheres Revolucionárias'. 

ENCRUZILHADA FUTURISTA 

Já a performance 'Encruzilhada Futurista: Estéticas Periféricas', com direção de Vita Pereira, em sua segunda edição, apresenta o resultado do trabalho de artistas independentes de Araraquara, promovendo e restabelecendo encontros a partir da moda, arte, performance, cultura do funk, afrofuturismo e cultura ballroom.

Nesta edição será homenageada Carolina Maria de Jesus, que integra a encruzilhada como disparadora de possíveis entrecruzamentos e demarcações do encontro entre o corpo periférico e as intervenções pelo espaço através do mapeamento de artistas independentes do agora.  

Cruzando, assim, performance, música e moda produzidas nas periferias do Brasil através de uma visão interdisciplinar: culturas, costuras, ARTivismo e educação.

Na perspectiva das encruzilhadas que tencionam as artes tradicionais e modernas, em uma ótica crítica e decolonial, os artistas levantam discussões importantes em torno de diferentes linguagens artísticas através da temática principal deste ano, 'Estéticas Periféricas', celebrando as potências do quarto de despejo da cidade, como Carolina Maria de Jesus nomeia as favelas. A classificação é de 14 anos.

SLAMC  

A Semana Luís Antonio Martinez Corrêa será realizada de 18 a 25 de junho, com apresentações cênicas, performances, oficinas, encontros no Café de Investigação, cenas curtas e mesas redondas.

A provocação dessa edição apresenta o tema: 'Encontros Mais Que Possíveis'. A proposta inspira-se na ideia de diálogos ficcionais, imaginários, entre três nomes muito relevantes para a história do teatro brasileiro: Oswald de Andrade, na condição de componente do chamado 'Grupo dos cinco' da Semana de Arte Moderna de 1922, Zé Celso e Luís Antonio Martinez Corrêa, artistas araraquarenses de grande relevância no teatro brasileiro.

Com curadoria da atriz Nilceia Vicente e o ator Victor Ferrari como coordenador de produção, a 34ª SLAMC vem com uma importante provocação: ao voltar para o passado e rever os movimentos artísticos que reformularam o pensamento sobre o fazer cultural, a aproximação da arte com a sociedade e a forma como esses rompantes artísticos vêm sendo refeitos ao longo do tempo, é também projetar- se para o futuro.

A SLAMC é uma realização da Secretaria Municipal da Cultura, Fundart, Coordenadoria Executiva de Cultura e tem o apoio da Unesp Araraquara, do Senac Araraquara e do Sesc Araraquara. Toda a programação é gratuita e as informações podem ser acompanhadas pelo site e redes sociais da Prefeitura de Araraquara e no Instagram da SLAMC (@slamc_aqa).

Ficha técnica:


'Encruzilhada Futurista: Estéticas Periféricas':

Direção Geral: Vita Pereira

Direção de Criação e movimento: Anderson Renan e Vita Pereira

Direção de Argumento: Maluana Fernanda e Nic Oliveira

Direção de Audiovisual: Bruno Marques, Camila Constancia, Eldiogo, Liz Murassaki, Maiara do Franco e Sofia Rodrigues

Produção Executiva: Muca N. Rangel, Sumaya Soares e Sol Negro

Assistentes de Direção e Produção: Liz Murassaki, Muca N. Rangel, Maluana Fernandes, Nuria Karnakis, Sol Saraiva, Sumaya Soares e Vita Pereira

Técnico de Som e Luz: Eduarda Maria, Marcelo Gigante e Ricardo Portari

Identidade Visual: Bruno Lhaes (Mime)

Redes Sociais: Bruno lhaes e Naara Freire (Agência Mamão)

Assistentes de Redes Sociais: Liz Murassaki, Nuria Karnakis, Sol Negro, Sumaya Soares e Vita Pereira

Figurinistas: Edi Balisteri, Eldiogro, Laura Mendes, Grazielle Matos (Amor Retrô), Muca N. Rangel, Vita Pereira e Liz Murassaki

Styling: Maluana Fernanda, Nic Oliveira, Nuria Karnakis e Sol Negro

Apoio: TRAVADA e Senac

SERVIÇO:

Semana Luís Antonio Martinez Corrêa (SLAMC)

Data: sexta-feira (24 de junho)

16h: Mesa Redonda 'As Linguagens Radicais do Teatro no Brasil'

Local: Anfiteatro A da Faculdade de Ciências e Letras - Câmpus UNESP de Araraquara (Rodovia Araraquara Jau, km 1 - Campos Ville)

19h30: Encruzilhada Futurista: 'Estéticas Periféricas'

Local: CEAR - Centro de Eventos de Araraquara e Região (Rua Ivo Antônio Magnani, 430 - Fonte Luminosa)


LEIA MAIS


Após 30 horas de espera, paciente é internado em Araraquara

Amanda Rocha

Amanda Rocha é formada em jornalismo e atua na imprensa do interior paulista desde 2010. Fotojornalista, filmmaker e repórter de matérias do cotidiano, cultura e causas sociais. Nascida em Bauru, está radicada em Araraquara há sete anos, integra a equipe do acidadeon Araraquara desde 2016. Gosta de contar histórias através de imagens e textos. Publicou dois livros de fotografia: “A imagem no museu do sonho – uma visão imaginária de Sandman” (2014) e “Imagens em Jogo” (2017). É compositora e guitarrista na banda La Burca, tem três discos lançados de forma independente. + info

Mais Notícias

Mais Notícias