Atriz de Nova Europa estreia em filme nacional Atriz de Nova Europa estreia em filme nacional

Atriz de Nova Europa estreia em filme nacional

Mylena Alves participa do filme 'Um broto legal'; história sobre a jovem precursora do rock no Brasil, Cely Campello

Mylena Alves interpreta Lucinha, a melhora amiga da cantora Celly Campello (Foto: Divulgação)

No último dia 16 de junho, o filme 'Um broto legal' estreou nas telas de cinema do país. O filme conta a história da precursora do rock no Brasil, Celly Campello. 

Mas o dia também foi de estreia nas telonas da atriz Mylena Alves, 24 anos, natural de Nova Europa, no papel de Lucinha, a melhor amiga de Celly.
A atriz comemorou com o seu primeiro papel em um longa metragem. 

'Foi surreal, quando fui gravar eu nem acreditava, só agradecia por estar lá e por saber que meu trabalho, esforço e dedicação desde criança valeu a pena', comentou Mylena.  

VEJA TAMBÉM  

Jovem escritora de Araraquara participa da Bienal do Livro 

Veja cinco lugares para levar as crianças nas férias em Araraquara 

Promotoria da Infância apura ação da GCM em abrigo de Araraquara

Mylena atua desde os sete anos e hoje é formada em artes cênicas. Ela começou em grupos de teatro de Nova Europa, veio para Araraquara na adolescência, estudou teatro aqui e concluiu os estudos em um colégio particular da cidade. Ela também estudou cinema e TV. 

'Sempre percebi que gostava de atuar e desde pequena me identifico com arte, dança e teatro. Meus pais sempre me apoiaram e incentivaram na profissão. Em casa a gente sempre assistia a filmes, não me vejo sem arte na minha vida', contou. 

ESTREIA EM ARARAQUARA
O filme foi exibido com a sua presença no Cine Center Lupo no último dia 26, com seus amigos e família presente. 

'Ver filme passar aqui em Araraquara foi algo inexplicável, porque vi a pré estreia em São Paulo, mas ter vindo pra cá e ver minha família, amigos e irmãos assistindo foi uma experiência incrível', contou.  

Mylena durante gravação de 'Um broto legal' (Foto: Divulgação)

Provavelmente você já deve ter ouvido trechos da famosa canção 'Estúpido Cupido' ou 'Banho de lua', hits de Celly Campelo.

A história de 'Um broto legal' acompanha a trajetória de sucesso da jovem Celly e de seu irmão Tony, e resgata a história de uma das mulheres mais importantes do pop rock nacional.  

Nos anos 60, a cantora foi considera a 'namoradinha do Brasil'.  

'Tem sido incrível e é muito legal valorizar a história do rock nacional e conhecer a história da Celly Campello e não deixar essa lenda morrer no esquecimento. Foi um trabalho muito preciso e cirúrgico, importante para a arte e também para a mulher, porque ela era a mulher do momento, quando começou. Todo mundo que assistiu amou ', frisou Mylena. 

O filme é dirigido por Luiz Alberto Pereira e tem no elenco os atores Marianna Alexandre, Murilo Armacollo, Paulo Goulart Filho, entre outros.  

'Um broto legal' foi gravado em 2019, porém devido a pandemia da covid-19, estreou somente neste ano.  

Celly e Tony Campello fizeram muito sucesso nos anos 60 (Foto: Divulgação)

PERSONAGEM IDEAL

Mylena interpreta Lucinha, a melhor amiga de Celly. Ambas cresceram em uma cidade do interior, Taubaté. 

Assim como Lucinha, Mylena é de uma cidade interiorana e se identificou com a personagem em alguns momentos em uma jornada de autodescoberta. Ela comentou que assim que leu o texto sobre a personagem, sabia que iria interpretá-la. 

'Eu considero a Lucinha uma patricinha fofoqueira, foi um presente ter interpretado ela porque me mostrou vários lados meus. Foi uma autodescoberta, porque nos parecemos mas também somos muito diferentes. A Lucinha sempre está apoiando a Celly e é uma menina como eu, do interior. Creio que a minha identificação com a personagem foi o que me levou a fazê-la ', avaliou. 

A atriz contou que o feedback vem sendo incrível e foi muito elogiada. 'Eu nunca imaginava viver essa experiência e agradeço muito por tudo', finalizou. 

LEIA MAIS 

Marcelo Serrado revela uso de medicamentos por conta de síndrome do pânico


Amanda Rocha

Amanda Rocha é formada em jornalismo e atua na imprensa do interior paulista desde 2010. Fotojornalista, filmmaker e repórter de matérias do cotidiano, cultura e causas sociais. Nascida em Bauru, está radicada em Araraquara há sete anos, integra a equipe do acidadeon Araraquara desde 2016. Gosta de contar histórias através de imagens e textos. Publicou dois livros de fotografia: “A imagem no museu do sonho – uma visão imaginária de Sandman” (2014) e “Imagens em Jogo” (2017). É compositora e guitarrista na banda La Burca, tem três discos lançados de forma independente. + info

Mais Notícias

Mais Notícias