Aguarde...

ACidadeON

Voltar

Lazer e Cultura

Festival de Teatro Infantil começa com Café da investigação e Passeio do dragão

Marcio Pontes destaca a importância da cultura para a formação do indivíduo

| ACidadeON/Araraquara

Festival de Teatro Infantil começa com Café da investigação e Passeio do dragão
A partir de sexta-feira (08) Araraquara irá mergulhar em um mundo de fantasias, com a realização do Festival de Teatro Infantil Ariovaldo dos Santos. A programação será aberta com um café de investigação e um passeio do dragão e segue até o dia 14 de novembro com música, peças teatrais e contação de histórias. 

Para o presidente do Conselho de Cultura, Márcio Pontes, é necessário que todas as crianças tenham acesso a cultura, pois ela é essencial para o seu desenvolvimento.  

"A arte, em suas diferentes linguagens, é sempre transformadora. É a partir desses contatos e diálogos que a arte propõe que a gente reflita sobre a vida, que a gente se reconhece, que a gente descobre sentimentos. Enfim, tem um papel muito grande no conhecimento, tanto no conhecimento sobre o mundo, como também sobre o conhecimento do seu lado humano. Isso tem uma importância muito grande para o desenvolvimento intelectual e emocional do ser humano. Quando você fala em teatro infantil, a gente fala sobre um público que esta aprendendo sobre o mundo, que chegou agora nesse lugar e precisa desse estimulo para o seu desenvolvimento. Todos nós precisamos da arte, mas a criança precisa ainda mais para entender o mundo que ela está, as dificuldades da vida", explica Márcio.  

Marcio Pontes (Foto: Arquivo pessoal)
Ainda de acordo com o presidente do Conselho Municipal, o teatro em especial, ajuda a reconhecer o mundo e a se reconhecer, você acaba colaborando para um indivíduo mais crítico, com mais consciência de mundo, da diferença das pessoas. "A cultura e a educação estão muito atreladas na formação do individuo, por isso ela é tão importante", ressalta.  

Programação
A abertura será na sexta-feira (08), a partir das 19h30 com um "café da investigação", direcionado à produção de teatro infantil. O encontro acontece no Palacete das Rosas e tem como convidados Luiz Andre Cherubini e Tania Gomes Mendonça.  

A programação segue no sábado (09), às 10 horas, com o "Passeio do Dragão", um cortejo que seguirá um boneco, saindo do estacionamento da Casa da Cultura e seguindo até o Paço Municipal, na Praça Esplanada das Rosas. Ao final do passeio, as crianças podem curtir o show da banda infantil Dois Palitos, formada por Juliano Corrêa Leite, Rodrigo Vulcano Zanil e Fernando Galeane.  

Na noite do sábado, às 19 horas, a Cia. 4i Artes apresenta "Alladin, o musical", no Teatro de Arena. A adaptação do clássico da Disney chega com direção de Mattheus Carvalho reunindo música, dança, magia e um gênio muito louco! Os ingressos gratuitos devem ser retirados na loja Curumim Brinquedos Criativos (Rua Henrique Lupo, 1414 Vila Harmonia) e o ingresso pode ser solidário com a doação de 1 kg de ração para gato, que será doado ao gatil Casa dos Gatos de Araraquara.  

Músicos se uniram há um ano e criaram o grupo 'Dois palitos' (Foto: Arquivo pessoal)
O Sesc Araraquara, parceiro do evento realizado pela Secretaria Municipal da Cultura e Fundart, abre a programação do domingo com a apresentação de "Príncipe da Dinamarca", com a Cia. Vagalum Tum Tum, às 11h30. Os ingressos serão distribuídos a partir das 9h30.  

No Choro das Águas, a partir das 16 horas do domingo, na Praça do Daae-Fonte Luminosa, a Cia. Renda de Lenda apresenta contação de histórias "O pescador e a Mãe dÁgua". 

Na segunda (11) a contação de histórias "Amigos, mas não para sempre", com Maria Alice Ferreira, é atração no CER Rubens Cruz I, às 8h30 e às 14h30. À noite, a Cia. Cais do Porto apresenta "Cartas para Ariel", às 19h30, no Teatro Wallace Leal. 

Terça-feira (12) é a vez da contação de histórias "O Patinho Feio", com Márcio Rocha e Samantha Caetano, no CER Rubens Cruz II, às 8h30 e às 14h30. Também, o espetáculo "Ondas Brincantes", com Grupo Urutau de Teatro, é atração no Teatro Wallace Leal, às 19h30, com técnicas de manipulação de bonecos.   

Festival de Teatro Infantil começa com Café da investigação e Passeio do dragão
Para quarta-feira (13), a contação de histórias "Piratas Palhaços", com Rian dos Santos e Raul Vaz chega ao CER Maria Aparecida A. Bozutti em dois horários: 8h30 e 14h30. Depois, à noite, no Teatro Wallace Leal, às 19h30, tem "O Palhaço Tam Tam e o Vagalume Tem Tem numa noite de lua cheia", com Cia. Polichinelo. Entre muitos sustos, confusões e choro, Tam Tam e Tem Tem criam um circo imaginário e tratam das angústias dos dias de hoje, onde o palhaço (e até o vagalume) parecem não ter mais lugar. 

A programação se encerra na quinta-feira (14). A contação de histórias "Moinho de Histórias", com Cia. Cais do Porto, é atração às 8h30 e 14h30, no Caic Rubens Cruz. Depois, às 19h30, no Teatro Wallace Leal, a Cia. Morada das Histórias apresenta "O Rouxinol e o Imperador" - uma aventura cheia de bom humor, emoção e muita poesia.  

A semana
De acordo com Márcio Pontes, a semana foi criada há alguns anos e era originalmente chamada Ariovaldo dos Santos de Teatro Infantil, Criador do Teatro Experimental de Comédia (Texc), que morreu no ano de 2010. Porém, teve sua primeira edição, mas acabou sendo esquecida. 

"Neste ano, acabamos buscando essa Semana para fortalecer a área do tetro, em especial a infantil, que tem uma produção relevante. Nós então lutamos para essa semana voltar e encontramos o apoio da Secretaria de Cultura", afirma.   

Ariovaldo dos Santos (Foto: Luiz Rocatelli)
Quem foi Ariovado dos Santos  
Devoto ao ofício, Ariovaldo começou artística como ator no ano de 1964, como integrante do grupo Diletantes, dirigido por Anna Maria Martinez Corrêa. Um ano depois, montou sua própria companhia e, com ela, construiu uma história singular na cena cultural de Araraquara, na qual sua vida pessoal e seu grupo de teatro fundiam-se. 

Na sede que construiu ao lado de casa, no Jardim das Estações, Ari formou várias gerações de atores e montou inúmeros espetáculos, a maioria deles para o público infantil, faixa etária para a qual se especializou e fez do Texc uma referência na área no  
Interior do Estado.  

Da primeira montagem, dirigida por Aldo Stazione, à peça "Brincadeiras", último espetáculo montado pelo Texc, em 2010, ano de sua morte.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON