Publicidade

lazerecultura

Paciente da Santa Casa de Araraquara lança livro sobre câncer de mama

Can(Ser), de Andréia Vicente, busca encorajar pacientes e motivar profissionais de saúde, oferecendo novas maneiras de compreender a doença

| ACidadeON/Araraquara -

Andréia Vicente, busca encorajar pacientes e motivar profissionais de saúde (Foto: Divulgação)
 

Praticamente um ano após receber diagnóstico de câncer, a profissional de recursos humanos Andréia Vicente, paciente da Santa Casa de Araraquara, lança na próxima segunda-feira (04), o livro "Can(Ser)", uma autobiografia com relatos intimistas e otimistas sobre o modo como vem enfrentando a doença. 

"É um livro moderno, tem QR Code para o leitor ouvir uma playlist, há cartas-depoimento. Como um dos objetivos é encorajar as pessoas, e eu venho de RH, de seleção, desenvolvimento e treinamento, sei que quanto mais dinâmica é a abordagem, maior é o engajamento. Eu queria algo diferente", contou Andréia. 

"É um olhar 360 graus. O tratamento de câncer é um processo em que a gente, paciente e profissionais de saúde, caminha junto. Então, o livro conversa também com especialistas, residentes, enfermeiros", completou.  

"NÃO PODE SE ENTREGAR"
Andréia relatou que em meio ao caos de receber o diagnóstico, que é como ela define a sensação de ser noticiada sobre a doença, já começou a se preparar psicologicamente. "A prevenção é importante? Sim. Mas o pós diagnóstico também é. Can(Ser) fala muito dessas duas etapas. Porque o diagnóstico não é uma sentença, ele é uma oportunidade", comentou. 

Ela disse que o acolhimento e a velocidade que a Santa Casa de Araraquara disponibilizou em seu tratamento fez toda a diferença. "Sou muito grata aos colaboradores da Santa Casa. O ritmo e a assertividade foram fundamentais para os bons resultados até aqui", afirmou. Ela ainda faz o acompanhamento no hospital. 

A médica Patrícia Guimarães, oncologista clínica da Santa Casa de Araraquara, explicou que, além de tratar o câncer, existe a preocupação de cuidar do paciente, pois é um momento de fragilidade. "O tratamento vai mudar a rotina da pessoa: consultas, aplicações de quimioterapia, efeitos colaterais da medicação, cirurgias, tudo isso modifica completamente o dia
a dia do paciente", disse Patrícia. "A Andréia, no seu livro, mostra que é possível ter uma vida pós-câncer. Acreditar que as coisas podem dar certo também é um ponto importante para que as coisas de fato deem certo", completou. 

Mãe de Bryan, de 6 anos, Andréia conta que a fase da desfiguração, quando caem cabelos, sobrancelhas, cílios, por conta do tratamento, é difícil, mas que pode ser enfrentada de frente se a pessoa conhece sua essência. "Eu fiquei gata de cabelo curto, batidinho", disse, mais uma vez mostrando bom humor e autoestima diante da adversidade. 

SERVIÇO
Livro: Can(Ser)
Autora: Andréia Vicente
Editora: Bendita
Como comprar: WhatsApp ou e-mail
(85) 98138-2511
samantha@benditaeditora.com.br

Mais notícias


Publicidade