Aguarde...

divirta-se

Irmãs de Pau lançam o single-manifesto "Travequeiro"

Dupla de travestis buscam financiamento coletivo para o primeiro EP "Dotadas"

| ACidadeON/Araraquara

Irmãs de Pau são Isma Almeida e Vita Pereira, elas lançam o single "Travequeiro" (Foto: Eli Bezerra)

"Travequeiro" é o primeiro single da dupla Irmãs de Pau, formada por Vita Pereira e Isma Almeida. O single chega as plataformas digitais nesta sexta-feira (26) e faz parte do EP "Dotadas".

A dupla de travesti multiartista transita pelo funk, trap, vogue, dancehall e afrobeat e conta com a produção de MU540.

Isma Almeida e Vita Pereira se apresentam ao mundo na missão de amplificar a narrativa da cultura transviada, preta e marginal. O som "Travequeiro" denuncia homens cisgêneros que se relacionam com travestis apenas no sigilo.

Uma vakinha virtual é realizada para a finalização do EP.

A dupla, ambas amigas crescidas na periferia de São Paulo, se conheceram em uma ocupação secundarista, saíram de casa para estudar, passaram por um processo de autoconhecimento, e agora estão desenvolvendo o projeto Irmãs de Pau, escrevendo sobre sonhos e suas próprias realidades.

PERFIS
Vita Pereira nasceu em Minas Gerais e mora atualmente em São Paulo, é filha de doméstica e carpinteiro.  É organizadora e produtora Festa TR4V4D4, em Araraquara e já  integrou a coletividade CASIXTRANHA na cidade. 

Com mais de 25 prêmios no cinema colecionados, participou de mais de 70 festivais de cinema nacionais e internacionais com as celebradas produções Perifericu (2019), Picumã (2020), entre outras.

A artista, formada em Pedagogia pela UNESP, atualmente é uma das diretoras da série da Globoplay 40m² (2020), e não para por aí: também é organizadora e produtora Festa TR4V4D4, de Araraquara, que já recebeu nomes como Jup do Bairro e Luana Hansen, já integrou a coletividade CASIXTRANHA, e participou da peça Madame Satã dos Grupo dos Dez.

Isma Almeida é original de Uberlândia, (MG) e militante das questões de raça, classe, gênero e sexualidade.

Multiartista, trabalha com dança, música, DJ, produção cultural entre outras linguagens.

Trancista desde os 18 anos, está nos principais circuitos de artes de Uberlândia, sendo dona do celebrado Baile da Cuceta, espaço exclusivo dedicado a cultura preta, de quebrada e travesti, além de ter lançado as faixas "Travesti Maconheira" e "Vem Fud*", que hoje coleciona mais de 7 mil visualizações no YouTube.

Isma é formada em Secretariado (ITB), passando pelo cursinho popular na FE-USP, e atualmente cursando Pedagogia (UFU), em que realizou a pesquisa de iniciação científica intitulada "A descolonização do pensamento nos terreiros de Uberlândia - MG".

ONDE ESCUTAR?

Ouça "Travequeiro" e clipe aqui e o trailer do crowdfunding aqui. 






Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON