Aguarde...

divirta-se

Escritora de Araraquara prepara seu primeiro livro infanto juvenil

Livro "Era o Chão" de Rebeca Chibeni está em fase de financiamento coletivo e traz ilustração de xilogravura deVitor Hugo Pedroso

| ACidadeON/Araraquara


Livro "Era o chão" de Rebeca Chibeni e ilustração de Vitor Hugo Pedroso (Divulgação)

O universo lúdico infanto juvenil entrelaçado a impermanência e elementos da natureza é o que move o livro de estreia da livreira-escritora Rebeca Chibeni, de 34 anos.

"Era o Chão" traça um diálogo de fábula unindo texto e imagem com as xilogravuras do ilustrador Vitor Hugo Pedroso.
O livro foi selecionado em edital da editora Urutau no ano passado e está com financiamento coletivo e pré-venda no site www.benfeitoria.com/eraochao . 

A partir da transformação do chão, com a vinda da chuva e elementos da natureza , a fábula poética e juvenil se desenrola e fisga crianças e adultos. 

"Considero o livro uma espécie de fábula com a questão da impermanência e da transformação. Como escrevo também sobre essa questão da matéria orgânica pensei na ilustração com xilogravura porque é um processo muito natural de esculpir a madeira e achei que tinha tudo a ver. O Hugo fez toda a criação visual do livro", conta. 

A xilogravura é uma técnica de desenho talhado em madeira, e a reprodução é feita em papel ou outro suporte adequado, lembrando um tipo de carimbo. 

INSPIRAÇÕES NATURAIS
A autora começou a escrever o livro em 2019, mas foi com a chegada de seu segundo filho Martin em 2020, que a concepção e a coragem de parir um livro ilustrado tomou forma. 

"Acho que a chegada de Martin me deu coragem. Falo sobre as reações dos elementos da natureza, como o comportamento do chão que costumava ser firme, seco e duro se transforma a partir de um movimento inesperado da natureza. A princípio somos resistentes e não queremos passar por processos de transformação, mas no final sempre vem alguma coisa boa", reflete. 

SUCESSO COLETIVO
"Era o chão" já atingiu a primeira meta do financiamento coletivo mas está na segunda fase para aumentar o número de exemplares a serem produzidos. E falta pouco para bater a nova meta, que totaliza R$ 1,8 mil. 

O valor da pré-venda é de R$ 30 com frete inclusivo. Há várias opções e outros valores com recompensas e mimos. A previsão de lançamento é para agosto e faz parte do selo Tádesol Tádelua da editora Urutau. 


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON