Aguarde...

divirta-se

Da escola para os palcos: o rock jovem do Legends of Rock

Garotos de 12 anos de Araraquara são apaixonados pelo gênero musical e formaram banda no colégio Progresso

| ACidadeON/Araraquara

 

Os garotos da Legends of Rock se conheceram no colégio em Araraquara (Foto: Divulgação)

Eles são jovens, muito jovens. E adoram rock. Em 2019, com apenas 10 anos de idade, três garotos araraquarenses uniram a paixão por música e decidiram formar uma banda. 

Do pátio do Colégio Progresso nascia a Legends of Rock. 

Os garotos Carlos Neto (baixo, teclado e vocal), Fábio Filho (guitarra e vocal) e Ícaro Simplício (bateria e vocal) são amigos de escola e fizeram a primeira apresentação no sarau do colégio. 

A apresentação no sarau foi um sucesso e eles começaram a se apresentar em alguns clubes e bares de Araraquara, sempre acompanhados e apoiados pelos pais. 

Hoje, eles têm entre 13 e 12 anos e todo o sonho sonoro do mundo no case. 

DNA MUSICAL FAMILIAR
A história dos meninos com a música vem desde a primeira infância. Ainda bebês, com três anos de idade, tanto Ícaro quanto Neto, começaram a tocar as primeiras notas musicais. Um no violão e o outro na bateria. 

"A música sempre esteve presente na vida do Ícaro. Desde bebê tudo que relacionava aos sons já chamava sua atenção. Conforme foi crescendo, o interesse por instrumentos de percussão acabou despertando o interesse pela bateria", diz Lara Moretto Simplício, mãe do Ícaro. 

Um dos grandes incentivadores do jovem baterista era o seu falecido pai, Márcio, que tocava violão, cavaquinho e ukulele. 

Já Neto, desde pequenininho quis aprender vários instrumentos.
"Ele aprendeu a tocar teclado, baixo, bateria e violão, se especializando no baixo", conta o pai, Carlos Alberto Melluso Júnior. 

O guitarrista Fabinho começou a tocar com oito anos no coral da igreja que frequenta, e aos nove anos já tocava guitarra por lá.  

O pai de garoto, Fábio Magno, também toca guitarra e sempre incentivou o filho. 

"Acompanhar o Fabinho na música tem sido uma experiência maravilhosa, a banda foi um sonho que ele tinha em juntar-se com amigos da mesma idade para tocar rock. Já que aqui em casa além de sermos fãs de rock, meu marido quando adolescente teve uma banda e também era o guitarrista, isso acabou sendo um incentivo para o Fabinho", conta a mãe, Patrícia Magno. 

Os três fazem aulas de música, são alunos dedicados no colégio e nas partituras. 

"Nós, pais, irmãos, familiares e amigos, sempre apoiamos o sonho dos meninos em todos os aspectos. Reforçamos sempre que os estudos estarão sempre em primeiro lugar e graças a Deus são excelentes alunos", reforça o pai do baixista Neto. 

Além de incentivar os filhos com o sonho musical, a família também fica responsável pela técnica, transporte, montagem de equipamentos, divulgação e produção. 

"Acabamos formando uma grande família", apontam. 

INFLUÊNCIAS
Beatles, U2, Queen e clássicos do gênero não faltam no repertório dos "garotos de Araraquara".
Eles são apaixonados por rock, em especial pela banda de Liverpool. 

"Os Beatles creio que sejam a maior influência da banda, tanto que no início a banda se chamava The Brazilian Beatles Araraquara", comenta o Carlos Melluso Júnior. 

PANDEMIA E LIVES
Devido a pandemia do coronavírus, os meninos pararam de tocar em bares mas começaram com as lives, em geral beneficentes.

"Com a pandemia, as apresentações ao vivo ficaram prejudicadas, mas a Legends of Rock continuou a viver o seu sonho realizando lives beneficentes", conta Melluso. 

E eles já começaram bem acompanhados nas lives, a primeira que fizeram foi com a respeitada banda araraquarense "Beatles Again". 

Em setembro de 2020, para comemorar um ano de banda, os garotos realizaram uma live para arrecadar fundos para a Associação Pais e Amigos de Excepcionais (APAE Araraquara). 

"Eles continuam a viver esse sonho de mostrar a todos o talento musical " contam orgulhosos os pais.
Quer conhecer o grupo? Entre nas redes sociais do Legends of Rock. 




Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON