Publicidade

lazerecultura

Semana Luís Antonio Martinez Corrêa está com edital aberto

Serão selecionados projetos de ações performáticas e cenas curtas para a programação; inscrições abertas de 27 de abril a 11 de maio

| ACidadeON/Araraquara -

Informações e dúvidas podem ser esclarecidas através do e-mail semanaslamc@gmail.com







 

A 34ª Semana Luís Antonio Martinez Corrêa (SLAMC) está as inscrições abertas para projetos de ações performáticas e cenas curtas. O evento será realizada no período de 18 a 25 de junho deste ano, e é realizado pela  Secretaria Municipal de Cultura e a Fundart, por meio da Coordenadoria Executiva de Cultura. 

A proposta dessa edição apresenta o tema: "Encontros Mais Que Possíveis". De acordo com o coordenador executivo de Cultura, Carlos Henrique Fonseca, a proposta inspira-se na ideia de diálogos ficcionais, imaginários, entre três nomes muito relevantes para a história do teatro brasileiro e, mais especificamente, para a cidade de Araraquara.

"Cem anos após a realização da Semana de Arte Moderna de 1922, como seria um encontro entre os irmãos Zé Celso e Luís Antonio Martinez Corrêa com o modernista Oswald de Andrade? Quais os temas, as questões, as inquietações, continuidades e rupturas que estariam no centro da mesa deste novo banquete antropofágico? Podemos ainda pensar em uma redescoberta do Brasil, ou de sua reinvenção? Em tempos decoloniais, de lugares de fala, e de ataque aos direitos humanos, quais são os (des)limites da linguagem cênica? Pouca saúde e muita saúva continuam sendo os males do Brasil? É desse formigueiro de inquietações que propomos a realização dessa importantíssima semana de teatro na cidade de Araraquara", destaca Carlos Henrique.

Com curadoria da atriz Nilceia Vicente e o ator Victor Ferrari como assistente de produção, a 34ª SLAMC vem com uma importante provocação: ao voltar para o passado e rever os movimentos artísticos que reformularam o pensamento sobre o fazer cultural, a aproximação da arte com a sociedade e a forma como esses rompantes artísticos vêm sendo refeitos ao longo do tempo, é também projetar- se para o futuro.  

"Nos questionamos, para onde essa trilha reverberou nos tempos atuais? Temos como ponto de partida a Semana de Arte de Moderna de 1922 e o manifesto antropofágico, no entanto, ampliamos o nosso olhar para o que ainda reverbera desse importante movimento artístico nos trabalhos de hoje. Seja em negação ou em contribuição ao que já foi feito, mas nunca em retrocesso. Desejamos aqui falar de processos criativos, colocar uma lupa nos primeiros intentos artísticos dos grupos e artistas da cidade e modificar os estados estagnados das reflexões que estão sendo feitas a sua volta", argumentam os atores.

Mas e agora, por quais caminhos os artistas e grupos da cidade irão percorrer? "Nesse sentido, a 34ª Semana Luís Antônio Martinez Corrêa escolhe reverenciar os atos de resistência artística e opta por falar de processos criativos, sejam inéditos ou não, com o intuito de mostrar trabalhos em realização, inacabados, revelando os seus dispositivos criativos, seus sonhos e suas inquietações", apontam Nilcéia e Victor.

Os curadores propõem repensar o mundo a nossa volta, sem negar o passado já estabelecido pelos artistas que pisaram nesse mesmo chão, mas apontando uma flecha do destino para as possibilidades de diálogos futuros onde tem como foco a inclusão de novos imaginários, outros corpos, outras perspectivas de arte na sociedade. "É hora de olhar para o entorno, inspirar-se no que já foi feito e agir em busca de novas narrativas", apostam.

MODALIDADES 

 Os atores e grupos cênicos da cidade poderão se inscrever em duas modalidades: Ações performáticas e/ou Cenas curtas.

A curadoria entende por "ações performáticas": trabalhos que estão em processo de criação, onde o artista explora uma atuação híbrida incorporando em sua ação elementos do teatro, da dança, das artes visuais, da música e do audiovisual. Serão consideradas propostas individuais e/ou de até três pessoas por projeto.

Já para "Cenas curtas" entendem-se os trabalhos focados na ação dramática, com construção de uma linha narrativa que está pautada - ou não no texto dramático. O trabalho deve apresentar uma situação, personagens e elementos teatrais que construam um diálogo com a temática da Semana.

Serão aprovadas até seis propostas, entre ações performáticas e cenas curtas, que deverão apresentar duração mínima de 15 e máxima de 30 minutos.

As performances devem ser elaboradas para apresentações em locais não convencionais ou nos equipamentos culturais da cidade, contemplando espaços urbanos diversos e buscando a descentralização do evento. Já as Cenas curtas deverão ser elaboradas para serem apresentadas em salas fechadas dos equipamentos culturais da cidade, como caixa preta e/ou palco italiano, ou ainda em espaços abertos como ruas e praças.

Ainda, os artistas e/ou grupos selecionados deverão participar da "Vivência Coletiva: Encontros Possíveis'', para compartilhamento dos processos criativos com a equipe de curadoria. Todos da ficha técnica deverão participar desse encontro que acontecerá no dia 04/06, das 14h às 18 horas.

INSCRIÇÕES 

As inscrições serão feitas exclusivamente por e-mail, através do endereço: semanaslamc@gmail.com. Os projetos para inscrição serão recebidos no período de 27 de abril a 11 de maio deste ano.

Poderão participar do edital pessoas jurídicas de direito privado, com ou sem fins lucrativos, de natureza cultural, tais como empresas de produções artísticas, companhias ou grupos que sejam, prioritariamente, sediados em Araraquara. Vale destacar que o proponente deverá, obrigatoriamente, integrar a ficha técnica do projeto.

Cada proponente poderá inscrever até um projeto por modalidade, com exceção de cooperativas de produtores ou artistas, bem como associações que abriguem diversos grupos e companhias que poderão inscrever até dois projetos por modalidade cada.

Importante lembrar que o proponente deverá estar em dia com o Cadastro de Artistas e/ou Cadastro de Espaços Culturais da Secretaria Municipal de Cultura e FUNDART, disponíveis no site oficial do município.

Os proponentes receberão R$1.000,00 por projeto aprovado, sendo que serão aprovados até seis projetos artísticos, podendo ser até três propostas em ações performáticas e três propostas em cenas curtas.

Todas as informações necessárias para a inscrição constam no edital 06/2022, já disponível no site da Prefeitura de Araraquara, na Aba "Editais da Cultura" (na primeira página, em "Acesso rápido"). O link direto é o: https://www.araraquara.sp.gov.br/governo/secretarias/cultura/SLAMC20222.pdf .

Informações e dúvidas podem ser esclarecidas através do e-mail semanaslamc@gmail.com .


Publicidade